header print

7 Fatos Antigos Que Não São Mais Considerados Verdadeiros

 Com o passar do tempo, muitos fatos que até então eram tidos como reais caíram em terra. Com o avanço do conhecimento, da tecnologia e da ciência, dentre outros campos do conhecimento, muitos fatos foram esclarecidos e mudaram até mesmo o ensino nas escolas. Selecionamos alguns deles. Veja a seguir.
 
1. Antes: Plutão era um planeta
Depois: Plutão não é um planeta
7 Fatos do mundo que mudaram com o passar dos anos

Desde o final dos anos 1800, sabíamos da existência de um nono planeta, logo depois de Urano. Em 1906, Percival Lowell, fundador do Lowell Observatory em Flagstaff, nos Estados Unnidos, iniciou um projeto de pesquisa no qual ele esperava localizar o misterioso "Planeta X".

Então, no ano de 1930, um novato de 23 anos o encontrou. Seu nome era Clyde Tombaugh, que tinha sido encarregado de comparar sistematicamente as fotografias do céu separadas por semanas para procurar objetos em movimento.

Ele finalmente encontrou um planeta e apresentou sua descoberta ao Harvard College Observatory. A princípio, uma menina inglesa de 11 anos deu nome ao novo planeta (que depois foi trocado pelo mito romano), e assim Plutão foi incluído como planeta em nosso sistema solar.

No entanto, em 2003, um astrônomo encontrou um objeto maior além de Plutão, que ele chamou de Eris. Esta nova descoberta fez com que muitos astrônomos questionassem o que realmente diferencia um planeta, e eventualmente decidiram, com base no tamanho e na localização, que Plutão simplesmente não fez é um planeta, e então foi rebaixado em a planeta anão.

2. Antes: Diamante era a substância mais sólida
Depois: A substância nitreto de boro é considerada a mais dura substância já encontrada
7 Fatos do mundo que mudaram com o passar dos anos

Desde 2009, sabemos que duas substâncias que são mais duras que o diamante: o nitrato de boro de wurtzite e o Ionsdaleíta. O primeiro desses materiais resiste à indentação com com uma força 18% maior do que o diamante, enquanto o segundo resiste à indentação com uma força superior a 58%.

No entanto, outro concorrente para a substância mais sólida do mundo foi feito em 2013. Para simplificar, os pesquisadores comprimiram as partículas de nitreto de boro para formar algo como o "nitrato de boro cúbico nanotwinado ultrarrápido". Eles simplesmente reorganizaram as partículas em camadas, como se fosse uma cebola, encaixando uma dentro da outra.

3. Antes: As bruxas de Salem eram queimadas
Depois: Elas eram punidas e não mortas
7 Fatos do mundo que mudaram com o passar dos anos

Em 1953, o dramaturgo americano Arthur Miller escreveu uma importante peça teatral chamada As Bruxas de Salem, baseada em fatos reais de perseguição às bruxas de Salem em 1692 nos Estados Unidos. Na época, elas eram queimadas vivas na fogueira.

No entanto, de acordo com Richard Trask, um arquivista da cidade de Danvers, local onde isso teria ocorrido, na verdade esse fato nunca aconteceu. Na época dos julgamentos de Salem, a Nova Inglaterra ainda seguia a lei inglesa, que incluía a feitiçaria como um delito criminoso punido com suspensão, e não pela queima na estaca. Por outro lado, a Igreja na Europa designou a feitiçaria como uma heresia e incendiou muitas bruxas vivas. Portanto, você pode ver de onde veio a confusão.

4. Antes: Escravos israelitas levantaram as pirâmides do Egito
Depois: Os próprios egípcios as ergueram
7 Fatos do mundo que mudaram com o passar dos anos

Muitos acham que a Bíblia afirma que escravos judeus construíram as pirâmides, mas o livro não menciona especificamente essa história.

Este mito popular é supostamente derivado de comentários feitos pelo ex-primeiro-ministro israelense, Menachem Begin, quando visitou o Egito em 1977. No entanto, os judeus não poderiam ter construído as pirâmides porque eles não existiam quando as pirâmides foram erguidas.

Na verdade, recentes descobertas arqueológicas mostram que os próprios egípcios construíram as pirâmides. Os trabalhadores vinham de famílias pobres, mas eram altamente respeitados, e inclusive ganharam criptas perto das pirâmides e um preparo especial em seus enterros. 

5. Antes: Dobrar um pedaço de papel em mais do que sete partes era matematicamente impossível
Depois: O recorde agora é de 13
7 Fatos do mundo que mudaram com o passar dos anos

Talvez você desconheça deste fato. Mas uma estudante dos Estados Unidos chamada Britney Gallivan resolveu ir adiante para desmistificar isso.

Junto com alguns voluntários, ela comprou um rolo gigante de papel e impressionou a todos quando ela conseguiu dobrá-lo 11 vezes. Ela percebeu que todos os outros que haviam tentado estavam alternando as direções dobráveis e até mesmo desenvolveu uma equação, com base na espessura e largura do papel em questão.

Em 2012, estudantes da St. Mark's School em Southborough, também nos Estados Unidos, quebraram o recorde de Gallivan dobrando o papel 13 vezes.

6. Antes: A Muralha da China é a única estrutura criada pelo ser humano que pode ser vista do espaço
Depois: Muitos outros também podem ser vistos do espaço
7 Fatos do mundo que mudaram com o passar dos anos

Os rumores de que a Muralha da China é vista da lua sugiram em 1938. No entanto, em 2003, o primeiro astronauta chinês, Yang Liwei, quebrou esse mito ao admitir que não podia ver a Grande Muralha do espaço.

Outras imagens surgiram aqui e ali, até todos chegarem ao consenso de que o muro só consegue ser visualizado apenas quando o tempo está em boas condições, ou usando uma câmera com zoom. E também é ver as luzes de grandes cidades.

No entanto, o fato da lua está completamente errado. O astronauta do Apollo 12, Alan Bean, disse à NASA que "a única coisa que você pode ver da lua é uma bela esfera, principalmente branca, algumas manchas de azul e amarelo, e, de vez em quando, alguma vegetação verde. Nenhum objeto artificial é visível nessa escala".

7. Antes: Existem cinco (ou três) reinos do mundo vivo
Depois: Podem existir mais do que oito
7 Fatos do mundo que mudaram com o passar dos anos

Dependendo de quando você cresceu, seu professor de biologia provavelmente ensinou sobre os três principais reinos da vida –animais, plantas e bactérias – ou cinco, incluindo fungos e protistas, também.

De qualquer forma, esse número foi expandido desde então. Quanto mais espécies descobrimos e analisamos, a rotulagem fica mais complexa. Por exemplo, além dos cinco reinos mencionados acima, agora sabemos das arqueas. Estes são organismos unicelulares chamados eubactérias. Existem sistemas ainda maiores que dividem as eubactérias em dois reinos mais.

Fonte: sciencealert | Imagens: depositphotos

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: