header print

Os Benefícios de Aprender um Novo Idioma

O Editor: Bruna Santos

 Se você está procurando um novo passatempo, tente aprender um novo idioma, pois saber mais de uma língua pode aumentar seriamente o poder do seu cérebro. E se você já fala mais de um idioma, saiba que está com sorte, já que o bilinguismo (ou o multilinguismo) vem com alguns benefícios cognitivos fascinantes. Por exemplo, pesquisas mostram que falar duas ou mais línguas melhora sua concentração, resolução de problemas e pode até mesmo protegê-lo do declínio cognitivo.

Existem 5 principais benefícios cognitivos de conhecer mais de um idioma:

 
1. Previne o declínio cognitivo
aprender novo idioma

Um dos benefícios mais notáveis de se falar mais de um idioma é a capacidade de reter um cérebro jovem e retardar o declínio cognitivo. Mais especificamente, pesquisas mostram que os bilíngues são menos propensos a sofrer de demência e Alzheimer, e eles têm uma chance melhor de se recuperar após um derrame.

Um estudo canadense mostrou que, em média, os bilíngues são diagnosticados com demência 3-4 anos mais tarde do que os monolíngues, e um estudo italiano descobriu que os pacientes de Alzheimer que são bilíngues são, em média, 5 anos mais velhos que seus colegas monolíngues.

Assim como participar de outras atividades cognitivas desafiadoras, como resolver palavras cruzadas ou praticar instrumentos musicais, conhecer uma segunda língua pode treinar seu cérebro para ser mais resistente a mudanças adversas relacionadas à idade.

2. Bilíngues podem se concentrar melhor 
aprender novo idioma

Se manter o foco e concentrar-se profundamente em uma tarefa importante pode, por vezes, revelar-se problemático, aprender uma nova língua pode ser útil para treinar essa habilidade. Isso ocorre porque as pessoas que conhecem dois idiomas ou mais têm um funcionamento executivo mais desenvolvido, que envolve a capacidade de se concentrar nas tarefas realmente.

Estudos de imagens cerebrais mostraram que os bilíngues têm um córtex cingulado anterior mais ativo e altamente desenvolvido, que é uma das áreas na parte frontal do cérebro responsáveis tanto pela organização da linguagem, quanto da função executiva. Assim, ao exercitar suas habilidades no idioma, você está realmente melhorando sua capacidade de concentração porque essas duas habilidades compartilham a mesma área do cérebro.

3. Aprender uma língua extra melhora o seu julgamento
aprender novo idioma

Se você alguma vez duvidar de suas decisões e temer que possa ser tendencioso em relação a um determinado assunto, tente falar, ler ou pensar sobre isso em um idioma diferente para percebê-lo de uma perspectiva mais racional e objetiva. Este exercício é útil, pois há pesquisas sugerindo que as pessoas tendem a pensar sobre uma questão moral específica de maneira mais objetiva e menos emocional, se o fizerem em uma língua estrangeira, e não em uma língua nativa.

Os autores teorizam que esse pode realmente ser o caso porque algumas palavras têm certas conotações emocionais que desencadeiam uma reação emocional, mas se pensarmos sobre o mesmo problema em uma língua estrangeira, perdemos essa camada emocional extra e podemos julgar a mesma questão mais objetivamente.

4. Pessoas bilíngues são melhores em multitarefas
aprender novo idioma

Para gerenciar mais de uma tarefa ao mesmo tempo, é necessário que uma pessoa alterne facilmente de uma tarefa para outra e possa ignorar tudo o que é irrelevante para a questão. Agora, para os bilíngues, multitarefa é algo constante, já que eles sempre têm que escolher uma palavra ou frase na língua em que estão falando no momento, e não a outra que conhecem.

Por meio de malabarismos constantes entre idiomas, os bilíngues realmente treinam suas habilidades multitarefa, mesmo sem saber e, portanto, são, em média, muito melhores do que suas contrapartes monolíngues em multitarefa.

5. Falar duas ou mais línguas melhora suas habilidades de resolução de problemas
aprender novo idioma

Conquistar o jeito de uma tarefa desafiadora e encontrar maneiras novas e criativas de resolvê-la exige imensa força mental, e é uma habilidade que exige prática constante. Experimentos têm mostrado que os bilíngues são melhores em resolver diferentes tipos de tarefas desafiadoras, porque são mais hábeis em analisar e têm uma memória de trabalho superior (uma habilidade que permite que você leve várias coisas em consideração ao resolver um problema).

Estudos de imagens cerebrais também apoiam essa descoberta, apontando que os bilíngues não são simplesmente melhores em diferentes tarefas de resolução de problemas, mas seus cérebros funcionam de maneira mais eficiente ao resolver essas tarefas também. E, embora não saibamos realmente por que aprender uma nova língua nos ajuda a pensar com mais clareza e a organizar melhor nossos pensamentos, é certo que conhecer um segundo idioma é mais útil para nós do que poderíamos imaginar.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade