header print

Sua Saúde Pode Estar em Risco ao Consumir Esses 10 Alimentos Falsificados na China

 A comida chinesa é famosa em todo o mundo. No entanto, a indústria de alimentos na China é provavelmente umas das maiores culpadas por falsificação e toxicidade de alimentos. Isso primeiramente atingiu a atenção do público em 2008, quando muitas crianças morreram de insuficiência hepática como resultado do leite em pó que estavam bebendo com um composto de plástico chamado melamina. Depois disso, foram encontrados muitos outros casos semelhantes de alimentos sintéticos sendo ilegalmente fabricados no país. Estes itens parecem idênticos com os produtos originais, mas em muitos casos eles são tóxicos e podem causar danos nos rins ou câncer.
 
Para ajudar a informá-lo sobre o perigo de comer certos alimentos na China, ou as importações chinesas que você compra mas não tem certeza, fizemos esta lista chocante de 10 alimentos chineses que você deve evitar.
 
1. Ovos falsificados
China está falsificando até alimento O que algumas pessoas sem escrúpulos fazem são surpreendentes. Estes ovos falsos parecem muito reais. Eles são feitos com gelatina, corante alimentar artificial, água e uma casca de cera. As "gemas" são ainda moles depois de cozidas.
2. Arroz de plástico falso
China está falsificando até alimento O arroz é o alimento chinês mais famoso, contudo infelizmente não é seguro supor que todo o arroz da China é genuíno. Alguns foram fabricados inteiramente de batatas misturadas com uma resina industrial que pode ser mortal. O arroz falso é muito difícil de digerir, e comer três tigelas é dito como comer um saco de plástico. Você pode diferenciar o arroz falsificado do real, queimando um grão com fósforo. Caso o cheiro seja de plástico queimado, você foi enganado e descobriu a tempo. Outra dica é que o arroz que não é genuíno também se dissolve em óleo quente.
3. Nozes recheadas com cimento
China está falsificando até alimento Foi descoberto por alguns compradores azarados que vendedores da cidade de Zhengzhou estavam vendendo nozes cheias de cimento. Os vendedores estão esvaziavam as nozes, vendiam as castanhas separadamente por um alto preço e enchiam a casca vazia com cimento coberto de papel, selando-as. Fica difícil para os compradores perceberem a diferença no momento e, quando tentam retornar, não encontram o mesmo vendedor no local.
 
4. Carne de vaca falsificada
China está falsificando até alimento Embora a carne de porco esteja prontamente disponível na China, a carne bovina não é um item comum. Portanto, por causa do alto valor de mercado colocado na carne vermelha, os fornecedores encontraram uma maneira de falsificá-la, alterando a carne de porco para torná-la parecida fisicamente e ter o sabor de uma carne bovina. Eles deixam a carne de porco em molho no caldo de carne concentrado por mais de uma hora e depois adicionam outro produto para dar brilho ao alimento. Os médicos dizem que esta carne falsa pode causar deformidades, envenenamento ou câncer.
5. Carne de carneiro falsificada
China está falsificando até alimento Para combater o alto preço da carne de carneiro defumada, alguns vendedores de alimentos estão utilizando ratos e raposas quimicamente alteradas para produzir essas carnes falsificadas. No período de três meses, a polícia prendeu 900 pessoas que participam deste esquema criminoso. Eles também apreenderam 20 mil toneladas dessa "carne". O nível da bactéria E. coli encontrado nesse alimento falsificado é seriamente elevado.
6. Vinhos falsificados
China está falsificando até alimento O vinho é um grande negócio na China, mas os clientes estão desastrosamente mal informados sobre os produtos que estão comprando. Assim, muitos vendedores de vinho simplesmente enchem as garrafas vazias de aparência elegante com suco de fruta barato e álcool. Você não pode confiar nesses rótulos na China!
7. Mel falsificado e adulterado
China está falsificando até alimento Você deve evitar consumir mel na China. Na província de Jinan, cerca de 70% do mel disponível para compra é falso e existem dois tipos. O primeiro é conhecido como mel adulterado, ou seja, uma mistura de mel com açúcar, beterraba ou xarope de arroz. O segundo parece mel, mas é feito de alúmen, açúcar, água e corantes. Um quilo de mel falso pode ser produzido pelo equivalente a R$ 5,20 e vendido por cerca de R$ 30,00.

8. Ervilhas verdes falsificadas
China está falsificando até alimento Você provavelmente nunca iria imaginar que na China existem ervilhas verdes falsificadas. Elas são feitas a partir de uma combinação de ervilhas, feijão de soja, corante verde e metabissulfito. Este último item é realmente conhecido por causar câncer e tem seu uso proibido no mundo. Felizmente, existem alguns sinais reveladores de ervilhas falsas. Quando fervida, a água fica verde do corante alimentar, e as ervilhas não amolecem.
9. Sal falsificado
China está falsificando até alimento Sal de mesa barato também pode ser falsificado. Na verdade, o sal industrial está sendo usado na China em grandes quantidades e realmente é um dos itens mais difíceis de discernir o falsificado do real. Infelizmente, se você consumir o sal não genuíno, pode correr o risco de ataque cardíaco ou derrame.
10. Ginseng alterado
China está falsificando até alimento O ginseng é uma raiz medicinal e culinária extremamente popular na China que é vendida por peso. Para fazer o ginseng parecer mais pesado, algumas pessoas o fervem em água com açúcar. O ginseng natural deve conter 20% de açúcar, enquanto o ginseng falso pode conter até 70%.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: