header print

Nossos ancestrais podem ter sido assim

O Editor: Anna Davidson
 Se você tem curiosidade em saber como realmente eram os povos antigos, esses retratos, apesar de representações altamente subjetivas do ponto de vista artístico, retratam exatamente isso. A tecnologia avançada ajudou os cientistas a recriar a aparência de povos antigos usando a reconstrução facial forense. Essa tecnologia recria o rosto de uma pessoa através da estrutura e anatomia de seu crânio. Dê uma olhada nas diferentes reconstruções das aparências dos povos antigos abaixo - algumas das quais viveram centenas, até milhares de anos atrás.
 

1. O homem do período Neolítico

Nossos ancestrais
Na foto acima, um homem que viveu durante o período neolítico, enterrado há aproximadamente 5.500 anos no território da Grã-Bretanha moderna. Ele nasceu 500 anos antes da primeira pedra de Stonehenge ser lançada. O homem retratado aqui tinha entre 25 e 40 anos.

2. Ava, uma mulher da Idade do Bronze

Nossos ancestrais
Essa jovem, chamada Ava, morreu há 3.700 anos. Seus restos foram desenterrados na Escócia em um túmulo esculpido em uma rocha. Ava provavelmente veio do povo Beaker. Sua aparência foi recriada graças à arqueóloga escocesa Maya Hoole e ao artista forense Hew Morrison.

3. O Faraó Tutancâmon

Nossos ancestrais
Tutancâmon, um dos faraós mais jovens do Egito Antigo, governou por volta de 1332-1323 aC. Ele assumiu o trono aos 10 anos de idade e morreu antes de completar 20 anos. Felizmente, por uma pesquisa aprofundada e tomografia computadorizada de sua múmia em 2005, podemos ver a aparência recriada do menino-rei.

4.  Uma menina da Grécia Antiga

Nossos ancestrais
Esta é a recriação de uma garota que viveu em Atenas em aproximadamente 430 aC. Nessa época, a civilização grega estava passando por um período de florescimento. Foi descoberto que a garota provavelmente morreu aos 11 anos de idade.

5. Gaio Júlio César

Nossos ancestrais
As representações da aparência do líder romano variam mas a mais provável delas é a que aparece no Museu Nacional de Antiguidades, na Holanda, onde os cientistas tiveram que escanear um busto de mármore da coleção do museu.

6. Um romano antigo que morreu em Pompeia

Nossos ancestrais
A erupção catastrófica do Vesúvio destruiu antigas cidades romanas de Pompéia e Herculano em 24 de agosto de 79 dC Algumas fontes afirmam que cerca de 16.000 a 20.000 pessoas morreram durante o desastre natural. Um médico legista britânico recriou o rosto de um homem antigo com base em um raio-X e outras características do crânio. Os cientistas não conseguiram identificar quem pode ser o homem. Eles não conseguiram identificar seu status social nem dizer nada sobre sua vida.

7. Uma mulher da Antiga Roma que morreu em Herculano

Nossos ancestrais
Aqui vemos retratada uma jovem romana, uma das 20 pessoas que tentaram se esconder da erupção do Vesúvio na casa de barcos. Presume-se que ela veio de uma família rica.

8. Um rapaz da Idade Média

Nossos ancestrais
Acredita-se que esse menino tenha entre 13 e 17 anos de idade e tenha vivido durante a Idade Média na Escócia. Presume-se que ele foi tratado em um hospital e morreu lá. Usando modelagem médica forense, os cientistas foram capazes de recriar os músculos e tecidos faciais do garoto. Eles então usaram um programa de computador para recriar suas características faciais.

9. Ricardo III, Rei da Inglaterra

Nossos ancestrais
O rei da Inglaterra e o último dos Plantagenetas viveu na segunda metade do século XV. Na peça de Shakespeare, Ricardo III foi retratado como um rei cruel e astuto. No entanto, os cientistas discutem sobre sua personalidade, achando difícil descobrir a verdade dentro das paredes do palácio. Os restos mortais do rei foram descobertos em um estacionamento há vários anos e, com base nesses dados e no exame do crânio do rei, os cientistas conseguiram criar esse modelo plástico de seu rosto.
 

10. Henrique IV, Rei da França

Nossos ancestrais
Henrique IV (1553-1610) é conhecido como o fundador da dinastia real de Bourbon. O rei Henrique se importava com seu povo e o país. Ele foi assassinado aos 57 anos por um fanático. Com base em seu material esquelético, os cientistas criaram um modelo computacional bastante preciso da aparência de Henrique IV.
 

11. Johann Sebastan Bach

Nossos ancestrais
O eminente compositor Johann Sebastian Bach viveu e criou suas obras nos séculos XVII e XVIII. Esse gênio da música deixou para trás mais de 1.000 obras. Seus trabalhos abrangem uma variedade de gêneros, exceto a ópera. Essa recriação foi baseada na estrutura de seu crânio.

12. Maximilien Robespierre

Nossos ancestrais
Os cientistas criaram uma reconstrução 3D do rosto de Maximilien Robespierre com base em sua máscara mortuária e o resultado acabou contradizendo a imagem percebida do famoso revolucionário.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade