header print

10 Criaturas Míticas Inspiradas por Seres da Vida Real

O Editor: Laura Dias
 Contos, mitos e lendas foram preenchidos durante séculos com histórias de seres incríveis, com grande beleza ou qualidades temíveis, que trabalham de mãos dadas com os heróis, ou alternadamente, são derrotados pelos heróis. Alguns contos são intermináveis e ainda existem rumores de aparições de bestas como o Chupacabra e o Yeti (também conhecido como o Abominável Homem das Nevez). Como se vê, todas essas criaturas místicas podem não estar muito longe da realidade. Essas 10 criaturas supostamente imaginárias podem ter sido inspiradas por seres que realmente existiram neste planeta.
 
1. O Monstro do Lago Ness
criaturas mitológicas

(Por Balista, Wikimedia Commons)

O mostro do Lago Ness é um conto comumente conhecido originário das Terras Altas, na Escócia. A lenda fala de uma criatura grande, vivendo nas profundezas do Lago Ness, que acredita-se ter corcunda e um pescoço longo que se projeta para fora da água. Histórias de Nessie, o monstro do Lago Ness, persistiram por mais de 1500 anos.

Paleontólogos e cientistas acreditam que as origens desta besta podem ser rastreadas até uma criatura marinha pré-histórica que habitou a mesma área há milhões de anos. Este animal foi chamado o plesiossauro, um réptil marinho intimamente relacionado com os dinossauros que viveram durante a era jurássica. Fontes alternativas dizem que a besta pode ter sido um membro sobrevivente de uma grande família de plesiossauros.

criaturas mitológicas
(Por Edouard Riou, ictiossauro (esquerda) e plesiossauro (direita), Wikimedia Commons)
2. Igopogo
criaturas mitológicas

(Por Bango Art, Wikimedia Commons)

Conheça o Monstro do Lago Ness do Canadá. Igopogo é uma grande besta subaquática, que acredita-se que habita o Lago Simcoe, em Ontário. Seu nome provavelmente deriva do nome de outro animal da água no folclore canadense, chamado Ogopogo, que residia no Lago Okanagan, na Colúmbia Britânica.

Igopogo foi descrito como uma criatura de 5 a 18 metros de comprimento, corpulento e com uma cabeça canina. Ele também tem uma grande semelhança com o Crocodilo Irlandês, uma violenta besta irlandesa de contos populares chamada Dobhar-Chu, também conhecida como Rei Otter. Com base em sua aparência, Igopogo, bem como Dobhar-Chu, são provavelmente uma grande lontra ou foca.

criaturas mitológicas
3. Thunderbird
criaturas mitológicas

(Por Carnby, Wikimedia Commons)

Os Thunderbirds são pássaros gigantescos que, de acordo com o folclore dos nativos americanos, eram frequentemente associados à chegada de chuvas e tempestades. A lenda em si era que o thunderbird era o controlador do mundo acima, e com o bater de suas asas poderia criar um trovão. Protegeria o mundo superior lançando raios nas criaturas do submundo. O Thunderbird foi frequentemente representado em totens e outras obras de arte.

criaturas mitológicas

(Pelo Dr. Haggis, Wikimedia Commons)

Registros históricos mostram que durante os primeiros dias do homem e o nascimento da civilização, havia pássaros gigantescos, com até 5 metros de asas, que compartilhavam o planeta com eles. No entanto, tem sido sugerido pelos historiadores que as histórias do Thunderbird na mitologia dos nativos americanos são devidas à descoberta de fósseis pertencentes a pterossauros, répteis voadores agora extintos desde a Era Triássica.

criaturas mitológicas
(Por Hugo Salais López, Wikimedia Commons)
4. O Monoceros (Unicórnio)
criaturas mitológicas

(Wikimedia Commons)

O Monoceros é um animal mitológico, encontrado na mitologia grega e intimamente relacionado em semelhança com o unicórnio, outra lenda em seu próprio direito. É descrito como tendo o corpo de um cavalo, os pés de elefante, a cauda de um javali e, finalmente, a cabeça de um cervo, com um grande chifre saliente, que se acredita medir até 1 metro.

Uma constelação vagamente visível, localizada no Equador Celeste, se assemelha a esta criatura lendária e é chamada de Monoceros. Baseado em sua descrição, acredita-se que o Monoceros é derivado da aparência do rinoceronte indiano.

criaturas mitológicas

(Por MrPanyGoff, Wikimedia Commons)

Nos anos posteriores, os Monoceros vieram a ser conhecidos comumente como o Unicórnio, que também se acredita ter se assemelhado ao extinto Rinoceronte Siberiano (Elasmotherium) bem como o Narval, uma baleia com uma presa longa e singular.

criaturas mitológicas

(Por Dr. Kristin Laidre, Wikimedia Commons)

Os unicórnios também são associados ao Okapi, um membro da família das girafas, mas mais similar na aparência às zebras. Os machos desta espécie têm dois chifres que, quando vistos de um ângulo, pareciam um chifre único, levando os locais a acreditar que era, na verdade, um unicórnio da vida real.

criaturas mitológicas
(Por Ltshears, Wikimedia Commons)
5. O Minhocão
criaturas mitológicas

(Por Kryptid, Wikimedia Commons)

No século 19, os habitantes do Brasil falavam de uma criatura incrivelmente longa, com uma boca grande e assustadora, que vivia no lago e que levava seus cavalos e outros animais para a água para devorá-los. Um naturalista francês que estudou as lendas da fera acreditava que era provável que fosse uma grande subespécie do peixe-bomba do sul da América.

criaturas mitológicas

(De Francis de Laporte de Castelnau, Wikimedia Commons)

Algumas histórias do Minhocão afirmam que foi uma criatura destrutiva em terra também, deixando grandes trincheiras enquanto se movia e arrancando árvores ao longo do caminho, muito parecido com uma minhoca gigante. As descrições exatas do tamanho do Minhocão variam entre 9 a 45 metros de comprimento e igualmente variadas em largura. Seus movimentos descritos em terra levaram alguns cientistas a acreditar que o Minhocão foi inspirado pela cobra pré-histórica, o Titanboa.

criaturas mitológicas
(Por Ryan Quick, Wikimedia Commons)
6. Serpente marinha gigante
criaturas mitológicas

(Wikipedia)

A Serpente Marinha é uma criatura encontrada na mitologia nórdica, mesopotâmica, egípcia e grega. Eles são frequentemente descritos como monstros maciços de cobra, que se estendem por cerca de 12 a 18 metros, e atacam barcos e navios. O “Oarfish” gigante é uma criatura que tem uma impressionante semelhança com este animal mitológico. Este peixe tem um tronco alongado e tem o maior comprimento conhecido de qualquer espécie viva.

criaturas mitológicas

(Por Wm. Leo Smith, Wikimedia Commons)

Oarfish tendem a permanecer mais perto da superfície da água quando estão doentes ou morrendo, levando a numerosas aparições de peixes-remo. O maior peixe do mundo registrado é de 10 metros, ponta a ponta. No entanto, os relatórios não confirmados afirmam que peixes de até 17 metros também foram vistos.

7. Jackalope
criaturas mitológicas

(Por Montanabw, Wikimedia Commons)

O Jackalope ou lebrílope é uma criatura formidável no folclore colonial, geralmente associado a outras criaturas de fábulas norte-americanas como Pé-grande e Mothman (Homem Mariposa, ou Homem Traça). O nome, muito parecido com o próprio animal, é uma fusão de um coelho-da-índia e um antílope. Sua aparência é a de um coelho comum, com uma pequena diferença. Dois grandes chifres, muito parecidos com chifres de antílopes, estão no topo da cabeça de Jackalopes.

Este animal lendário tornou-se especialmente popular quando os Irmãos Herrick usaram suas habilidades de caça e taxidermia enxertando chifres de antílopes em uma carcaça de coelho e começaram a vender o “jackalope” empalhado.

criaturas mitológicas

(Wikimedia Commons)

Enquanto o Jackalope se tornou popular nos círculos de caça e taxidermismo, acredita-se que as lendas do coelho com chifres tenham sido derivadas de histórias relacionadas a coelhos infectados. Uma vez infectados com o vírus papiloma Shope, sabe-se que os coelhos desenvolvem tumores na cabeça que podem assemelhar-se a chifres, presas ou galhadas.

criaturas mitológicas
(Por WD45, Wikimedia Commons)
8. O Kappa
criaturas mitológicas

(Por Juntaku, Wikimedia Commons)

Os Kappas são anfíbios comuns às histórias folclóricas japonesas e também se acredita que sejam um tipo de demônio yokai, uma classe de monstros sobrenaturais predominantes no folclore japonês. As lendas descrevem essa criatura como um criador de problemas sem fim, com uma aparência humanoide. Tem pele verde e mãos e pés com membranas. Tem um exoesqueleto em forma de concha nas costas, como uma tartaruga, e um ligeiro travessão em sua cabeça, parecido com um prato, que retém a água que mantém a criatura forte.

criaturas mitológicas

(Por Momotarou2012, Wikimedia Commons)

Diz-se que os pepinos são sua refeição preferida e, embora vivessem principalmente na água, os Kappas frequentemente vinham em terra para roubar comida e causar estragos. A aparência dos kappas e sua natureza anfíbia levaram muitos a acreditar que as histórias dessas criaturas foram derivadas da Salamandra Gigante japonesa.

9. Sereias
criaturas mitológicas
Durante suas viagens, Christopher Columbus relatou ter visto sereias, três especificamente, saindo da água. Ele notou que elas tinham traços viris, em oposição às belas criaturas que supusemos que fossem. Olhando mais profundamente para a descoberta, foi teorizado que o que o explorador pode ter visto eram peixes-bois, também conhecidos como vacas-marinhas.
criaturas mitológicas

(Pela NASA, Wikimedia Commons)

Sabe-se que os peixes-boi usam suas caudas para se elevar verticalmente abaixo do mar e pisar a água. Isso combinado com sua capacidade de segurar objetos e comida confortavelmente, graças aos seus membros anteriores articulados, cria uma silhueta quase humana.

10. Mapinguari
criaturas mitológicas

(Cryptid Wiki)

O Mapinguari, também designado isnashi, é um animal horrível descrito na mitologia sul-americana. Trata-se de outra criatura originária do folclore brasileiro. Em meados da década de 1930, 100 vacas na localidade foram abatidas, e o culpado foi reivindicado por todos como Mapinguari.

criaturas mitológicas

(Por Robert Bruce Horsfall, Wikimedia Commons)

A criatura foi descrita como tendo pele afilada semelhante a um lagarto, garras afiadas e compridas e um único olho. Examinando as descrições e representações artísticas da fera, os pesquisadores concluíram que o Mapinguari é provavelmente um parente vivo próximo de preguiças pré-históricas, como Milodonte ou o Megalonychidae.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade