header print

O Que Fazer Quando um Cão Está Prestes a te Atacar?

 Imagine que você está desfrutando de uma caminhada no parque tranquila ou um agradável passeio de bicicleta pelo bairro quando, de repente, um cão agressivo e desconhecido corre até você, rosna, e se prepara para atacar. O que você deve fazer? Há uma maneira correta e errada de lidar com um cão agressivo e vamos explicar isso em detalhes abaixo, pois é muito importante saber o que você deve fazer no caso de um ataque.
 
 
O que fazer quando um cão te ataca?

Parte 1: Proteção contra um ataque

1. Não entre em pânico

Há alguma verdade no ditado que afirma que cães e outros animais podem "sentir medo". Se você ficar agitado e correr ou gritar, pode dar ao cão mais confiança, ou pior, você pode parecer ameaçador para o animal. 

2. Fique rígido e imóvel

Se um cão agressivo se aproxima, fique parado com as mãos ao seu lado, como uma árvore, e não olhe-o nos olhos do animal. Na maioria dos casos o cão vai perder o interesse e ir embora.

• Não acene os braços ou chute-o com as pernas, pois o cão pode ver essas ações como ameaçadoras.
• Não faça contato com os olhos, pois isso pode fazer com que o cão se sinta ameaçado.
• Fique de lado para o cão e mantenha a sua visão periférica do animal. Isto irá sinalizar para o cão que você não é uma ameaça.
• Não abra as mãos e os braços até uma mordida, estendendo-os. Mantenha seus dedos enrolados em punhos para evitar que sejam mordidos.

3. Não tente fugir

Tentando fugir pode despertar o instinto de caça do cão para perseguir e pegar outros animais. Portanto, ele pode persegui-lo, mesmo que sua intenção inicial era apenas brincar. Você não será capaz de correr mais rápido do que a maioria dos cães, por isso não necessariamente vale o esforço.

4. Distrair o cão com outro objeto
O que fazer quando um cão te ataca?

Se o cão continua mostrando um comportamento ameaçador em relação a você, ofereça-lhe algo para mastigar, como uma garrafa de água, sua mochila, uma vara próxima ou uma bola - melhor do que seu braço ou perna. Isso pode distraí-lo por tempo suficiente para permitir que você fuja

• Você pode querer levar alguns brinquedos de cães ou objetos na bolsa, caso você viaje por áreas conhecidas por cães perigosos. Se você se aproximar de um animal desses querendo te atacar jogue o objeto para longe de você.

 


Parte 2: Defendendo e protegendo-se

1. Enfrente o cão e fale pra ele sair de perto com firmeza

Se o cão continua a ser agressivo, sua tentativa de pacificação não funcionou. Para enfrentá-lo e severamente ordená-lo a sair use uma voz forte, profunda e comandante, e mantenha contato com os olhos.

2. Lutar contra um cão em ataque

Se o cão lhe agarrar e começar a mordê-lo, obviamente você tem que se defender. Para fazer isso, tente chutar o cão no nariz, garganta e na parte de trás da cabeça. Isso vai atordoar o cão e provavelmente você terá alguns segundos para escapar.

• Não há problema em levantar a voz neste ponto. Chame por ajuda, porque você está lutando para sair do ataque e outras pessoas podem escutá-lo e vir ao seu auxílio. No entanto, é melhor evitar gritar, pois isso pode deixar o cão ainda mais agressivo.
• Se você tem uma vara ou algo mais que você pode usar como uma arma, você deve usá-lo para acertar o cão. Não bata sobre a parte superior da cabeça do animal, porque os cães têm crânios grossos, e isso apenas deixará o cão ainda mais irritado.
• Lute com todas as forças que tiver, porque infelizmente alguns ataques do cão podem ser fatais.

3. Use seu peso em sua vantagem 
O que fazer quando um cão te ataca? Jogue seu peso corporal sobre o cão, empurrando-o para baixo com as partes duras de seus joelhos e cotovelos. Os cães têm uma mordida forte, mas eles não podem lutar, então tente entrar em uma posição vantajosa rapidamente para que você possa tentar quebrar alguns ossos do animal com seu peso. Se você quiser usar um método mais humano, tente derrubá-lo com seu peso na parte de trás do cão e aplique pressão para a frente para a parte de trás do pescoço. Isto manterá o cão imobilizado até que a ajuda chegue.

4. Proteja seu rosto, peito e garganta

Se você for derrubado no chão durante o ataque, não só será mais difícil lutar contra o cão agressivo, mas áreas vitais como o torso, pescoço e cabeça estarão mais abertas ao ataque. Estas são as partes mais importantes do seu corpo, que você precisa protegê-las para não causar danos graves, e até mesmo a morte.

• Proteja seus órgãos vitais rolando em seu estômago, colocando seus joelhos para dentro, e traga suas mãos até seus ouvidos.

5. Saia da área devagar e cuidadosamente

Se o cão perde o interesse em você, deixe a área lentamente afastando-se sem movimentos repentinos. Ficar calmo em uma situação como esta é mais fácil falar do que fazer, mas é a melhor coisa que você pode fazer por si mesmo, desde que o cão desista de te atacar.

Parte 3: Como lidar com as consequências

1.Cuide de qualquer ferida

Se você foi mordido, prontamente vá ao hospital! Não deixe para o outro dia! No entanto, se você não é capaz de ou precisa esperar por uma ambulância, cuide das feridas lavando-as com sabão em barra, porque mesmo mordidas menores podem causar infecções.

• Aplique uma pressão suave para parar qualquer sangramento menor. Utilize um pano limpo ou uma gaze estéril. Se o sangramento é grave e você não pode fazê-lo parar, procure assistência médica imediatamente.
• Lave bem a ferida com água morna e sabão.
• Coloque um curativo esterilizado para pequenos cortes ou bandagens estéreis para lacerações maiores na ferida.
• Mantenha um olhar atento para quaisquer sinais de infecções, tais como vermelhidão, sensibilidade, calor ou pus. Se tiver algum destes sintomas é melhor visitar seu médico.

2. Chamar as autoridades
O que fazer quando um cão te ataca?

É muito importante determinar se o cão que te atacou tem raiva ou um histórico de agressão. Chame as autoridades imediatamente após ser atacado para que esse animal esteja impedido de atacar qualquer outra pessoa, e possa ser testado para doenças.

• Se o cão que atacou você era um animal de rua, ele pode atacar outros também. Removê-lo do ambiente irá proteger a si mesmo e aos outros.
• Para cães com seus proprietários nas proximidades, como você lida com a situação após o ataque é inteiramente sua escolha. Por exemplo, se você foi ferido, pode se sentir no direito de tomar ações legais.

3. Consulte um médico imediatamente

Se você foi mordido por um cão desconhecido, um cão que mais tarde foi diagnosticado com raiva, ou um animal que parecia estar com a boca espumando, é crucial que você visite o seu médico imediatamente para obter algum tratamento preventivo para a doença da raiva.

• A sequência de vacinas da raiva, se necessário, deve ser iniciada o mais rapidamente possível após a mordida.
• Se você não tiver tomado uma vacinha contra o tétano em mais de 5 anos, você pode ser obrigado a tomar outra.
• Qualquer ferimento significativo de um ataque de cão precisa ser examinado por um profissional médico.

Parte 4: Tomando Precauções Contra Ataques

1. Procure sinais de aviso

A maioria dos cães não são agressivos, mas são apenas curiosos ou tentam defender aquilo que eles acham que é o seu território. Portanto, para evitar conflitos desnecessários é vital que você saiba discernir se um cão está apenas brincando ou está sendo verdadeiramente agressivo. Aqui estão alguns sinais comuns de agressão que você deve ficara tento:

• Rosnando, rangir os dentes e latir, são todos os sinais óbvios de agressão e devem ser tratados como tal.
• Um cão irritado pode mostrar o branco de seus olhos.
• As orelhas puxadas para trás, planas contra a cabeça, são um sinal revelador de agressão.
• Um cão que parece tenso, reto e rígido (cabeça, ombros e quadris alinhados) pode estar querendo te atacar.

2. Situações que você deve evitar
O que fazer quando um cão te ataca?

A maioria de ataques do cães não estão relacionados com um treinamento ruim, ou que são "bravos de natureza". Infelizmente, sempre haverá proprietários de cães que não são boas pessoas e também são agressivos com seus animais, tornando-os também agressivos. Situações que você deve evitar:

• Nunca aborreça um cão que está comendo ou cuidando de seus filhotes, pois eles são extra protetores nesses momentos e você pode ser uma ameaça.
• Evite sorrir para o cão. Você pode pensar que está sendo amigável, mas um cão agressivo vê seus dentes e associa ao rangir dos dentes, que é um sinal de ataque.
• Os cães que ficam acorrentados por longos períodos de tempo são mais propensos a serem agressivos, por isso não se aproximem deles.

3. Suponha que todos os cães desconhecidos sejam ameaças

Em geral, a melhor política a seguir quando se trata de ataques de cães é fazer tudo o que você pode para evitá-los em primeiro lugar. Se você vir um cão que parece perigoso, apenas fique longe.

• Denuncie qualquer cão de aparência perigosa às autoridades locais.
• Ensine seus filhos a não se aproximarem de cães desconhecidos.

 

Lembre-se: os cães não são naturalmente ensinados a atacar os seres humanos, a menos que sintam que eles próprios, seu território ou seus filhotes estão sob ameaça. Nós não seremos sempre capazes de evitar cães agressivos, mas entender o que fazer e o que não fazer pode deixá-lo melhor preparado para evitar uma situação pior.

Fonte: wikihow and cesarsway
Fotos: depositphotos

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: