header print

Os 10 Países Com os Melhores Padrões de Vida Para Idosos

 Você sabe qual é o melhor país do mundo para envelhecer? Cada ano que passa, o número de pessoas idosas aumenta dramaticamente graças aos avanços da saúde e da tecnologia. No entanto, existem algumas grandes diferenças entre os países, quando o assunto é envelhecer com qualidade de vida. Uma ONG chamada HelpAge International, que ajuda os idosos a conhecer os seus direitos, combater a discriminação e superar a pobreza, desenvolveu também uma pesquisa sobre os 10 melhores lugares no mundo para viver nessa fase da vida.
 

Este índice compara a qualidade de vida dos idosos em diferentes países, e é também utilizado para medir os progressos e visa melhorar o impacto das políticas e práticas sobre o envelhecimento das populações. Baseado em quatro domínios (segurança do rendimento, capacidade, estado de saúde e ambiente propício), o índice é utilizado para criar uma classificação anual dos melhores e piores países para envelhecer. Abaixo, em ordem decrescente, estão os 10 locais mais bem classificados do mundo.
10. Reino Unido
10 lugares que têm os melhores padrões de vida para os idosos
O Reino Unido, que abriga 65,1 milhões de pessoas (14,9 milhões dos quais têm mais de 60 anos), ocupa um lugar consistentemente alto em todos os quatro domínios. Destaca-se especialmente no domínio do ambiente propício, uma vez que a grande maioria dos idosos britânicos estão muito satisfeitos com a sua segurança, ligações sociais, liberdade cívica e acesso aos transportes públicos.
9. Estados Unidos
10 lugares que têm os melhores padrões de vida para os idosos
O país mais populoso da lista, os Estados Unidos têm uma população de 324,7 milhões, com cerca de 66,5 milhões de pessoas com mais de 60 anos. Esse país ocupa o lugar mais alto no domínio da capacidade, com uma taxa de emprego e escolaridade entre os idosos acima das médias regionais. Além disso, os idosos da América gozam de alta segurança e conexão social.
8. Japão
10 lugares que têm os melhores padrões de vida para os idosos
Chamado de casa por 127,1 milhões de pessoas, dos quais 41,9 milhões têm mais de 60 anos, o Japão tem a maior expectativa de vida no mundo e, como resultado, a maior proporção de pessoas mais velhas no planeta. Os idosos do Japão desfrutam de vidas saudáveis, liberdade cívica, alta segurança e conexão social. Esse país tem a classificação baixa no domínio de renda, mas está acima das médias regionais no índice chamado cobertura de renda e pensão.
 
7. Islândia
10 lugares que têm os melhores padrões de vida para os idosos
Com uma população de apenas 300 mil (60 mil com mais de 60 anos), a Islândia é o menor país nesta lista, mas é um lugar fantástico para envelhecer. Neste país tem cobertura de renda e pensão de 100%, a pobreza na velhice é muito baixa, além de grandes valores em expectativa de vida aos 60 anos e também tem esperança de vida saudável. Os idosos da Islândia estão muito satisfeitos com a sua ligação social, segurança, liberdade cívica e transporte público.
6. Holanda
10 lugares que têm os melhores padrões de vida para os idosos
Dos 17 milhões que chamam a Holanda de casa, 4,2 milhões deles têm 60 anos ou são mais velhos. Este país tem valores acima da média em todos os indicadores no domínio do ambiente propício, baixa taxa de pobreza na velhice e cobertura de renda de pensão de 100%. Os idosos holandeses também são muito bem-educados, com 81% deles com ensino secundário ou superior.
5. Canadá
10 lugares que têm os melhores padrões de vida para os idosos
A população canadense de 36,5 milhões de pessoas inclui 8 milhões com mais de 60 anos. Com um dos ambientes mais limpos da Terra, o Canadá tem o melhor desempenho no domínio da saúde e está acima da média regional em todos os indicadores de saúde. A única coisa que os idosos canadenses não parecem muito satisfeitos é com o transporte público.
4. Alemanha
10 lugares que têm os melhores padrões de vida para os idosos
A Alemanha, o país europeu mais populoso, abriga 82,2 milhões de pessoas, das quais 22,3 milhões têm mais de 60 anos. A Alemanha é a que apresenta melhores resultados no domínio da capacidade, com valores impressionantes na taxa de emprego dos idosos (63,5%) e educação (96,4%). Para complementar o grande desempenho desse país, a Alemanha também se classifica altamente no domínio de ambiente de habilitação e domínio de saúde.

3. Suécia
10 lugares que têm os melhores padrões de vida para os idosos
A Suécia é conhecida por seu alto padrão de vida, excelentes cuidados de saúde, liberdades civis, alta renda per capita e prosperidade geral, com 10 milhões de habitantes, sendo que 2,5 milhões têm mais de 60 anos. Os suecos desfrutam de todas essas coisas, mesmo os idosos estão muito satisfeitos com suas vidas. A Suécia obteve notas acima da média nos quatro domínios.
2. Noruega
10 lugares que têm os melhores padrões de vida para os idosos
Um outro país do norte da Europa que se classifica regularmente entre os melhores lugares para se viver é a Noruega, que abriga apenas 5,3 milhões de pessoas, dos quais 1,1 milhão tem mais de 60 anos. Esse país tem os resultados bem acima da média nos quatro domínios, mas se destaca no domínio de capacidades, com uma taxa de emprego muito elevada de 71,1% e uma escolaridade de 98,3% entre os idosos.
1. Suíça
10 lugares que têm os melhores padrões de vida para os idosos
A Suíça, com 8,4 milhões de habitantes (2 milhões com mais de 60 anos), é conhecida por vários benefícios, incluindo transparência do governo, qualidade de vida, liberdades civis, ambiente limpo, competitividade econômica e desenvolvimento humano. Como resultado, este belo país alpino regularmente é classificado como o melhor lugar para se viver, seja na velhice ou na juventude.
Fonte: list25
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: