maavaron
Você está sendo transferido para a página solicitada...
header print

14 Lugares Para Visitar No Rio De Janeiro

 O Rio de Janeiro é uma das cidades mais conhecidas e visitadas do Brasil, sendo considerada um dos maiores destinos turísticos do hemisfério sul. O Rio também é a segunda maior cidade do Brasil. Nela você pode encontrar muitas atrações famosas, incluindo um dos símbolos da cidade, o Corcovado, onde está localizada a estátua do Cristo Redentor.

 

Os moradores da cidade costumam chamá-la de "Cidade Maravilhosa" devido à sua beleza natural, que inclui um litoral arborizado, ilhas tropicais, praias de areia branca e muito mais. Se tudo isso ainda não fez você querer visitar essa cidade, então aqui estão 14 lugares e atrações que lhe darão um gostinho do que o Rio tem para oferecer.

 
Rio de Janeiro

 

A Lapa está localizada no centro do Rio de Janeiro e é conhecida como o "centro". No passado, o bairro era o distrito da luz vermelha da cidade, mas hoje a área é famosa por sua animada vida noturna. Aqui você vai encontrar atrações como samba e choro, fazendo com que as pessoas saiam do trabalho direto para os bares e visitem também no fim de semana. A arquitetura do bairro foi criada em 1800 e oferece uma visão diferenciada. Este bairro é o lugar perfeito para encontrar os amigos, cantar no karaokê, saborear pratos típicos e experimentar a tão famosa Caipirinha, um coquetel nacional feito com cana-de-açúcar, licor e limão. É também na Lapa que há os famosos e coloridos degraus da Escadaria Selarón, ligando a Lapa ao bairro de Santa Teresa.​

Rio de Janeiro

 

2. Praia da Barra da Tijuca

A praia mais longa e espetacular do Rio de Janeiro é a da Barra da Tijuca, que praticamente não atrai turistas. No entanto, os moradores preferem ir a esta praia do que a outras ao redor da cidade, alegando que a água e a areia são mais limpas do que algumas outras mais famosas, como Ipanema e Copacabana, por exemplo. A Praia da Barra da Tijuca fica na área mais jovem do Rio que tem apenas 30 anos. Ao lado do litoral, você encontrará o Barra Shopping, um enorme shopping center com mais de 700 lojas e restaurantes. A área ganhou a reputação de um lugar jovem onde pessoas ricas escolhem morar.

Rio de Janeiro

3. Aqueduto da Carioca

O Aqueduto da Carioca foi construído em meados do século XVIII como forma de fornecer água potável do Rio Carioca aos habitantes do Rio de Janeiro. Uma das características do aqueduto é uma seção que inclui dois andares de enormes arcos e, embora no final do século XIX o aqueduto estivesse fechado, os arcos permaneciam no lugar. Em 1896, decidiu-se usar a parte superior dos arcos para conduzir um trem elétrico que ligava o centro da cidade ao bairro de Santa Teresa. O bonde foi fechado por um curto período de tempo devido a um acidente em 2011, e por isso opera limitadamente. Hoje, os arcos são um popular ponto de encontro para os moradores locais, especialmente à noite, quando a área ganha vida com turistas, músicos, dançarinos, vendedores ambulantes e muito mais.

Rio de Janeiro

 

4. Teatro Municipal

O Teatro Municipal está localizado no centro da cidade e é o principal teatro de ópera do Rio de Janeiro. Foi construído no início do século XX com um incrível design neoclássico com espelhos dourados, colunas de mármore e escadarias feitas de ônix verde. Se você perguntar aos moradores locais, eles lhe dirão que o prédio é o edifício mais bonito de todo o país, inspirado no Palais Garnier de Paris. É altamente recomendável tentar conseguir ingressos para uma apresentação no teatro, mas se você não tiver tempo ou não conseguir comprá-los, há visitas guiadas no local.

Rio de Janeiro

5. Prainha

Se você está procurando uma praia calma e tranquila perto do Rio de Janeiro, a melhor opção é a Prainha. Cercada por altos morros cobertos de vegetação da selva, os visitantes têm a impressão de estarem em uma praia deserta, muito diferente do agito das praias de Ipanema ou Copacabana, especialmente nos fins de semana. Nesta praia você vai desfrutar de águas cristalinas, areia branca e excelentes ondas de surfe, o que a torna um dos lugares favoritos dos surfistas da cidade e perigosa para natação; por isso você deve ter muito cuidado ao nadar nestas águas. Há também um pequeno restaurante ao ar livre com vista para a praia, além de quiosques onde você pode comprar souvenir, bebidas e comida.

Rio de Janeiro

 

6. Parque Lage

O Parque Lage é um parque público muito impressionante localizado no sopé do Morro do Corcovado. O lugar é cercado por florestas tropicais e é rico em trilhas para caminhadas, jardins e até mesmo um pequeno aquário em um ambiente tranquilo. No parque, você também pode ver o incrível palácio que pertenceu à famosa cantora de ópera italiana Gabriella Besenzoni e seu marido Enrique Lage. Hoje, o palácio serve como uma mansão e uma escola de arte, onde muitos artistas exibem suas obras gratuitamente. O palácio tem um café onde você pode se sentar e desfrutar de uma paisagem incrível com a estátua do Cristo Redentor ao fundo. A entrada para o parque é gratuita e você pode chegar à estátua do Cristo através de uma trilha de caminhada moderada, mas desafiadora.

Rio de Janeiro

 

7. Bairro da Lagoa

O bairro da Lagoa não é apenas o bairro mais rico da Zona Sul, mas também o terceiro bairro mais caro de toda a América do Sul. A lagoa contida nele, chamada Lagoa Rodrigo de Freitas, é cercada por ciclovia de 7 km, sendo o lugar preferido de corredores e ciclistas locais. Ela é cercada por muitos cafés e restaurantes, além de ter uma vista deslumbrante.

Rio de Janeiro

 

8. Praia de Ipanema

A praia de Ipanema é conhecida em grande parte do mundo pela música "Garota de Ipanema" composta e executada por Antonio Carlos Jobim na década de 1960. Desde então, tem sido um dos destinos turísticos mais populares do Rio de Janeiro e rotineiramente alcança o topo da lista das "melhores praias do mundo". A praia se estende por longos e largos trechos de areia branca e macia, margeando uma cadeia bem organizada de lojas, cafés e restaurantes, além de uma variedade de galerias de arte, teatros e clubes. Esta praia está localizada na prestigiosa área da Zona Sul, que fica entre as praias de Copacabana e do Leblon. Ela é dividida em segmentos por "barracas de salva-vidas", tendo quiosques em todos os lugares, e ainda círculos de pessoas jogando futebol, vôlei e futevôlei.

Rio de Janeiro

 

9. Estádio do Maracanã

O futebol é o esporte nacional no Brasil, por isso não surpreende que a Arena Maracanã (originalmente o Estádio Mário Filho) seja um dos locais mais reconhecidos do Rio de Janeiro. Em sua inauguração em 1950, acomodou por volta de 200.000 torcedores, tornando-se o maior estádio do mundo. A capacidade foi reduzida por razões de segurança e a adição de assentos organizados resultou na redução de 120 mil lugares. Mais tarde, antes da Copa do Mundo, realizada no Brasil em 2014, o estádio passou por muitas reformas para não envergonhar seu título de maior estádio da América do Sul. Este estádio abriga as equipes do Flamengo e do Fluminense, e se você tiver sorte, conseguirá até assistir a um jogo da seleção brasileira, visto que a maioria dos jogos em casa são realizados nele.

Rio de Janeiro

 

10. Parque Nacional da Tijuca

O Parque Nacional da Tijuca é uma das maiores florestas urbanas do mundo, cobrindo uma vasta área de paisagem principalmente montanhosa. Os visitantes do parque podem caminhar até o pico mais alto do Rio de Janeiro para aproveitar a vista deslumbrante da Baía de Guanabara e da cidade abaixo. O parque foi quase completamente destruído no início do século XVIII com devastação das plantações de café, mas grande parte foi replantada na segunda metade daquele século, com mais de 9 milhões de novas árvores. No parque você pode ver algumas das mais belas cachoeiras do mundo, entre elas a cachoeira da Cascatinha, que desce de uma altura de 100 metros, ao lado de vários edifícios históricos.

Rio de Janeiro

 

 

 

11. Bairro de Santa Teresa

O bairro de Santa Teresa está situado em uma colina com vista para o porto do Rio de Janeiro, convidando os visitantes a voltar no tempo e experimentar a elegância das mansões e ruas pavimentadas do século XIX. No passado, o bairro foi cortado da cidade até 1896, quando o aqueduto foi construído. O bairro era um paraíso para artistas, músicos e escritores no século XX, e embora os clubes e butiques da época não existam mais, ainda mantém sua atmosfera amigável e convidativa. O último bonde da cidade, o bonde de Santa Teresa, já foi uma atração turística popular no Rio de Janeiro, sendo baseado no aqueduto; mas recentemente é limitado em uso após um acidente ocorrido em 2011.

Rio de Janeiro

 

12. O Jardim Botânico do Rio de Janeiro

A oeste do bairro da Lagoa, está o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, que abriga mais de 8.000 espécies de plantas. Foi construído no início do século XIX e inclui espécies maduras do mesmo período e avenidas de palmeiras incrivelmente altas. Muitos visitantes visitam o jardim para ver as várias plantas que crescem nele, incluindo um grande número de orquídeas lindas e raras. Além disso, há uma série de monumentos, fontes, um jardim japonês, uma piscina cheia de nenúfares e um museu com exposições que se concentram no cultivo e preservação do meio ambiente.

Rio de Janeiro

 

13. Pão de Açúcar 

O Pão de Açúcar é uma montanha solitária em granito, que fica a 400 metros acima do nível do mar e acima do Golfo de Guanabara. É chamado assim porque se assemelha a um cone de açúcar refinado, semelhante aos produzidos nas fábricas de açúcar no Brasil durante o período colonial. Um teleférico com janelas de vidro transparente, deixa a praça Orca e percorre 1.400 metros até o topo da montanha com apenas uma parada no topo da montanha. A montanha é considerada uma atração para alpinistas e, sendo um dos maiores locais de escalada urbana do mundo, com mais de 270 rotas de escalada.

Rio de Janeiro

 

14. Praia de Copacabana

A praia de Copacabana possui areia branca e macia e é uma das praias da cidade que mais lotam nos finais de semana com brasileiros e turistas estrangeiros vindos de todos os lugares. O arquiteto paisagista brasileiro Burle Marx projetou o calçadão em preto e branco sendo concluído em 1970. A orla da praia tem mais de 60 hotéis, um grande número de restaurantes, pubs, boates e edifícios residenciais, onde milhões de turistas e moradores visitam a área durante Celebrações de Ano Novo que concentram mais de 20 minutos de fogos de artifício em um show espetacular.
 

Rio de Janeiro

 

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
App Logo
Nosso app é fácil!