Você julga muito as outras pessoas?

 Ser crítico costuma ser visto como algo ruim. No entanto, não passa um dia em que devemos usar nosso senso crítico para opinar pessoas, eventos e situações. Usamos nossa rica experiência de vida e aprendemos algumas coisas ao longo do caminho. Portanto, julgar não é realmente uma coisa ruim ... com moderação. Então, quão crítico você é?
 
Sua filha tem 22 anos e decide se casar com um homem que não tem emprego e vive apenas do dinheiro dos pais. O que você faz?
Exijo que ela espere alguns anos para casar-se com ele.
Exijo que ela não se case com ele até que ele prove que pode trabalhar e sustentar-se.
Abençoo seu casamento. O amor é tudo o que importa.
Conheço-o primeiro. Se ele for alguém que posso considerar uma boa pessoa, apoiarei.
 
Você tem 5 pessoas para entrevistar para um cargo. O primeiro candidato está 20 minutos atrasado para a entrevista. O que você faz?
Exijo saber por que ele estava atrasado. Se a desculpa for lógica, deixo passar.
Eu nem mesmo o entrevisto. Se ele não é pontual o suficiente para chegar a uma entrevista, não será pontual o suficiente para chegar na hora ao trabalho.
Entrevisto-o, mas ele começa com uma séria desvantagem.
Ignoro o fato. Um único atraso pode ser causado por uma série de razões.
 
Você é o melhor amigo de outro casal, mas é especialmente amigável com um deles, fica sabendo que um deles está traindo o outro. O que você faz?
Nada. Não é da minha conta.
Não vou fazer nada, mas vou pedir que admita a traição, não está certo.
Eu direi a ele(a)que tem que confessar ou contarei à outra pessoa eu mesmo.
Eu não digo nada, mas vou consultar meu cônjuge ou melhor amigo para pensar sobre o que fazer
Romperei meu relacionamento com ele(a) e considerarei contar sobre ele(a) ao seu cônjuge.
 
Você entra em uma loja e vai até a caixa, mas ela não está em lugar nenhum. Depois de alguns minutos, ela sai lá de trás com o namorado. Claramente eles estavam dando uns amassos. Como você se sente?
Você é jovem apenas uma vez.
Ela deveria ter vergonha, é para isso que serve a casa.
Está tudo bem, mas por que fazer as pessoas esperarem e não levar o seu trabalho a sério?
Estarei fervendo de raiva e provavelmente direi algo ao gerente se o vir mais tarde.
 
Você está no negócio com um sócio há 7 anos. Ele então desaparece por seis meses, deixando você em apuros. Quando ele volta, ele diz que estava na clínica de reabilitação e não conseguiu entrar em contato com você. Qual é a sua reação?
Não terei absolutamente nada a dizer a ele. Ele é um tratante.
Vou esforçar-me para entendê-lo, apesar do inferno que ele me fez passar.
Vou dizer que sinto muito, mas imediatamente desfarei a sociedade.
Exigirei compensação pelo dinheiro que perdi por causa do vício dele em drogas.
Vou continuar a trabalhar com ele, mas apenas se receber uma compensação total pelos danos que me causou.
 
Você está andando na rua e vê uma mãe e um filho brigando. De repente, a mãe dá um tapa no rosto da criança, fazendo-a chorar. O que você faz?
Nada. Eu não sei a história por trás disso. Pode haver um bom motivo.
Não farei nada, mas ficarei furiosa com os maus tratos dela à criança.
Tentarei educadamente dizer à mãe que ela não deveria estar fazendo isso. Certamente, não na rua.
Vou gritar em voz alta e dizer a ela para parar de bater na criança.
 
Enquanto você continua andando pela rua, você vê uma jovem dando socos em um homem muito maior enquanto ele se cobre (é uma rua violenta!). O que você faz?
Nada. Ele provavelmente fez algo para merecer isso.
Nada. Pode haver uma boa razão para que ambos os lados concordem.
Vou pedir que ela pare. violência nunca é a solução.
Chamo a polícia.
Tento perguntar à mulher por que ela está batendo no homem.
 
Sua amiga tem uma mãe que vive com Alzheimer há muito tempo. Ela tem quatro filhos e não os reconhece mais. Sua amiga parou de visitá-la porque ela não aguenta mais. O que você acha disso?
"Não importa. Ela é sua mãe e você deve estar lá o quanto for necessário."
"Você é terrível. Ela é sua MÃE! Como você pode sequer pensar isso?"
"Eu entendo. Deve ser muito difícil. Mas você pode vir a se arrepender depois que ela morrer."
"Eu entendo. Não há maneira certa ou errada de lidar com a situação. Faça o que achar que deve."
 
Seu irmão vem e pede uma ajudinha financeira porque os tempos estão difíceis. Você concorda. Uma semana depois, você fica sabendo que ele saiu de férias porque precisava muito relaxar. Qual é a sua resposta?
Ele não é mais meu irmão. Ele é um vigarista.
Não importa para que servia o dinheiro. Ele pediu ajuda e eu dei.
Teremos uma CONVERSA quando ele voltar, pode ter certeza DISSO.
Eu nunca vou ajudá-lo dessa forma novamente. Ele não é confiável.
 
Você está começando seu próprio negócio e está procurando um auxiliar. A pessoa mais qualificada para o trabalho, porém, deve revelar que saiu há um ano da prisão por furto. O que você faz?
Eu jamais o contrataria.
Vou dar uma chance a ele. Ele pagou seu débito com a sociedade, então ele é uma pessoas nova e uma nova fase da vida.
Espero que encontre um bom emprego, mas eu ficaria muito preocupado para gostar de trabalhar com ele.
Eu o contrataria, mas manteria um olhar atento, pelo menos durante os primeiros meses.
Nada crítico
http://www.tudoporemail.com.br/backoffice/quizzes.aspx?type=10&id=314
 
Você considera julgar os outros como algo que as pessoas sensatas evitam a qualquer custo. Você abraça o mundo e dá as boas-vindas a todos, sem fazer perguntas. Se as pessoas provarem que não são dignas dessa confiança, você para de confiar nelas. Mas para você, todos são inocentes até que se prove a culpa. Claro, você espera o mesmo tratamento daqueles que conhece e ama, e eles sabem que sempre podem vir até você quando fazem algo errado ou se metem em problemas e precisam de um ombro solidário, livre de julgamentos. É uma coisa ótima de se ter, e temos certeza que eles apreciam você por isso. A única recomendação que daríamos é que um pouco de cautela PODE ser uma coisa boa, e este ainda é um mundo brutal às vezes, então confie - mas esteja atento e tenha cuidado.
Um pouco crítico
 
Você tenta ao máximo não julgar demais porque não acha isso justo. No entanto, algumas experiências de vida lhe ensinaram sobre algumas atitudes suspeitas, e é difícil evitá-las completamente quando confrontado com situações que 'soam o alarme' em sua cabeça. Não conhecemos suas experiências pessoais, mas, em nossa experiência, não há nada de errado em usar o senso crítico sensatamente. Quando usado moderadamente e com o máximo possível de mente aberta, o julgamento também pode ser chamado de cautela, experiência, inteligência e sabedoria.
Crítico
 
Você às vezes tenta refrear seu senso crítico porque não quer exagerar. No entanto, você não sente que deveria se desculpar por usar sua consciência, experiência e inteligência para perceber o problema antes que ele comece. Não há nada de errado em verificar, em não confiar tão facilmente. Você é menos vítima de armadilhas e travessuras dessa maneira, sem falar na simples incompetência. Não há nada de errado em usar sua experiência e sabedoria para evitar situações ruins. O julgamento pode ser muito útil e, às vezes, você não tem uma segunda chance de ser cuidadoso. Dito isso, deixar a desconfiança se tornar um hábito excessivo pode gerar mais desconfiança nos outros ao seu redor, fazendo com que você sinta que não pode confiar em ninguém. Evite paranóias e tudo ficará bem.
Super crítico
 
Você confia muito nos julgamentos que faz. Você é juiz e júri na maioria de suas interações com outras pessoas. Você não pede desculpas por isso. Você sabe muito bem que faz julgamentos e, no que diz respeito a você, há muitos motivos para isso, com base em suas experiências pessoais. A vida lhe ensinou algumas lições sobre por quem sofrer nesta vida e por quem não sofrer, e você não é do tipo que suporta tolos.Não conhecemos suas experiências pessoais, mas, em nossa experiência, julgar demais pode se tornar um hábito obsessivo, além de criar amargura nos outros. Alguns podem não vir até você com problemas dos quais se envergonhem, temendo seu julgamento. Considere isso quando você julgar, para seu próprio bem.
Classificação:
Registre-se Gratuitamente