header print

Ideias nocivas impostas pela modernidade

O Editor: Anna D.

 Há muitas coisas positivas que podemos mencionar sobre a sociedade moderna em que vivemos, mas seu impacto sobre nós às vezes pode causar mais mal do que bem. Esse dano geralmente é algo que não percebemos porque "seguimos o rebanho" e adotamos valores vazios e equivocados que colocam mais ênfase em tudo que não é importante. Se soubermos identificar esses comportamentos e entendermos por que eles são tão prejudiciais ao nosso bem-estar pessoal, podemos melhorar nossas vidas e o mundo. Portanto, encorajamos você a ler sobre as 7 conceitos de estilo de vida que a sociedade moderna está tentando impor a todos nós, para que você possa se livrar delas e viver sua vida da maneira que melhor lhe convier.

Equívocos da modernidade

1. Uma pessoa de sucesso precisa de um apartamento, um carro e um novo telefone celular

Equívocos da modernidade

A cultura do consumismo é uma parte muito importante da nossa sociedade moderna; portanto, se conhecemos pessoas que possuem seu próprio apartamento, carro e o mais novo telefone celular, provavelmente os veremos como pessoas bem-sucedidas. Mas essas propriedades fazem uma pessoa ter sucesso? E os seus relacionamentos? Suas dívidas? Sua capacidade de aproveitar a vida? Tudo isso não é menos importante do que as coisas que elas possuem. No entanto, mal pensamos neles.

É importante mudar essa percepção, porque as coisas que adquirimos são a evidência de uma excelente situação econômica e não são apenas compras imprudentes que levam a dívidas, mas elas definitivamente não nos definem nem às pessoas ao nosso redor. 

 

2. A vida precisa ser documentada nas redes sociaisEquívocos da modernidade

Esse é um equívoco que se tornou parte inseparável da vida de muitas pessoas e, embora a maioria saiba, elas não fazem nenhum esforço para mudar. Essas são as pessoas que tiram fotos de todas as suas refeições antes de começarem a comer, tiram selfies com espelho regularmente e, em geral, não podem se desconectar da sua conta do Facebook ou Instagram. Essas pessoas estão tão preocupadas em marcar presença no espaço virtual que às vezes machucam a si mesmas e a outras pessoas ao seu redor de várias maneiras, algumas das quais se ressentem cada vez mais.

Nos níveis mais graves, esse comportamento pode levar ao desenvolvimento de depressão e narcisismo, e por isso é muito importante que todos trabalhemos, coletiva e individualmente, para reduzir esse hábito significativamente. Apenas peça à sua família ou amigos que parem de fazer essas coisas e, se forem evasivos ou relutantes em responder, confronte-os com o fato de que estão prejudicando o relacionamento e estão usando o tempo com atividades sem sentido e gosto duvidoso.

3. Todos precisamos ser como celebridades

Equívocos da modernidade

Mais e mais pessoas, especialmente jovens, tentam viver suas vidas como as celebridades, quase imitando-as. Esse é um fenômeno muito familiar e negativo que muitos pesquisadores sociais e psicólogos tentaram explicar e mudar, e é muito fácil entender o porquê. Primeiro, é evidente que a média dos jovens não tem tempo, dinheiro ou o patrocínio que permitiria o estilo de vida extravagante que certas celebridades parecem levar.

Segundo, a incapacidade de imitar perfeitamente o exemplo que as celebridades exibem faz com que muitos se sintam infelizes e desenvolvam sentimentos de inferioridade. Para evitar isso, tudo o que precisamos fazer é dizer a nós mesmos e a nossos filhos que precisamos ser quem somos. É verdade que a felicidade no longo prazo não existirá em pessoas que tentam ser algo ou alguém que não são.

4. A criação dos filhos é uma competição

Equívocos da modernidade

Nossos filhos fazem parte de nós, e isso todos os pais sabem. Tal afirmação tem efeitos maravilhosos em nossas vidas, mas na sociedade moderna também existem alguns aspectos negativos. Um dos maiores é que muitos pais pensam que devem fazer tudo por seus filhos: comprar os melhores brinquedos novos, levar as crianças para as aulas de inglês, de judô, de hipismo, de tênis, de basquete, de futebol, etc... Com todas essas demandas, quando eles têm tempo, como pais, para passearem com toda a família andando pelo bairro ou talvez se envolvendo em uma atividade que ajude a construir laços afetivos?

A resposta simples, claro, é que não terão tempo se for assim que vivem suas vidas. Quando as pessoas não dedicam tempo a essas atividades, elas magoam muito a si mesmas e à família. Esses pais ansiosos devem ser lembrados de que criar filhos não é uma competição com os outros pais na escola. Se eles virem que outra família tem um carrinho de criança melhor ou tem fotografias feitas por profissionais profissionais, não precisam ter inveja deles e aspirar a fazer o mesmo: podem simplesmente parabenizá-los e seguir em frente.

5.Os títulos acadêmicos são a chave para o sucesso

Equívocos da modernidade

Ao longo dos anos, nossa sociedade desenvolveu uma certa obsessão por títulos acadêmicos. Mas a realidade atual é que não há verdade na ideia de que uma pessoa sem diploma é menos bem-sucedida do que aquelas com educação avançada de um tipo ou de outro.  Em muitas profissões em que o salário é alto e as condições são boas não existem tais requisitos.

Certamente, é importante aprender e adquirir conhecimentos que permitam a uma pessoa ganhar a vida, mas não devemos negligenciar campos de trabalho honestos que podem não ter tanto prestígio quanto outros. Ainda bem que há muita gente que se encontra na vida fazendo algo interessante, útil e necessário.

6. Estamos todos na corrida de ratos pelo melhor empregoEquívocos da modernidade

A abordagem problemática a seguir é característica das pessoas que já escolheram seu campo de trabalho e encontraram seu primeiro emprego, mas, após pouco tempo, sentem a necessidade de sair. Isso pode ser devido ao desejo de ser melhor valorizado, recompensado e treinado muito rapidamente, sem o acúmulo de experiência e a longa prática necessária para atingir esse objetivo. Uma atitude clássica da "cultura instantânea" na qual tudo deve feito e concluído o mais rápido possível.

A sociedade moderna nos pressiona para alcançarmos o sucesso a uma velocidade que não se encaixa necessariamente em nós, em nossa profissão ou no mercado de trabalho, e as pessoas que constantemente mudam de um emprego para outro em busca de dinheiro e reconhecimento podem perder oportunidades valiosas. Obviamente, também não há razão para permanecer em posições inadequadas ou não gratificantes, mas a razão para abandonar tais posições não deve ser por pressão para chegar au sucesso o mais rápido possível. A definição de "sucesso! também deveria ser pensada mais a fundo..

7. O conforto pessoal é mais importante do que qualquer outra coisa

Equívocos da modernidade

Se uma jovem escorrega na rua e cai diretamente em uma enorme poça d'água, é mais provável que as pessoas tirem seus smartphones do bolso e façam fotos em vez de ajudá-la. Ao mesmo tempo, muitos outros continuarão caminhando sem perceber o que se passa e apenas alguns irão parar e oferecer ajuda. Pode ser difícil para você aceitar essa afirmação mas, infelizmente, ela está mais próxima da verdade que gostaríamos de admitir.

A razão para esta situação é provavelmente o grande foco da maioria das pessoas em seu conforto pessoal: sinto-me mal pela jovem que caiu na poça, mas estou atrasado para uma reunião / uma ligação com meu gerente / quero chegar em casa para descansar.

Quando temos esses pensamentos em mente, temos que tentar nos colocar no lugar da outra pessoa e lembrar que os pequenos inconvenientes que experimentamos ou passamos são aqueles que tornam nosso mundo um lugar mais bonito, pois testam nossa capacidade de empatia. É muito importante que nossas vidas sejam confortáveis, que cheguemos a tempo onde quer que precisamos e que cumpramos todas as nossas tarefas, mas é igualmente importante, antes de tudo, sermos gentis!

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade