header print

Passeando de Gôndola por Veneza

Será que existe uma cidade mais lendária, mais embelezada por engenheiros e arquitetos do que Veneza? Essa cidade de infinitos canais, de gondoleiros que cantam, de elegantes pontes, prédios, igrejas e catedrais, erguida com incrível paciência e habilidade é uma fonte inesgotável de fascínio a todos os que a visitam. E, como se não bastasse, romântica!
 
Convidamos você a embarcar em nossa gôndola para uma volta nesta joia de cidade. Lembre-se de que ela está afundando. Portanto, está na hora de conhecê-la! Andiamo!

Clique nas fotos para vê-las em tamanho maior.

 
Passeando de Gôndola por Veneza

O nome Veneza é derivado do antigo povo Veneti, que habitava a região por volta do século 10 a.C. Historicamente, a cidade era a capital da República de Veneza.

 
Passeando de Gôndola por Veneza

Veneza é conhecida como "La Dominante", "Sereníssima", "Rainha do Adriático", "Cidade da Água", "Cidade das Máscaras", "Cidade das Pontes", "A Cidade Flutuante", e "A Cidade dos Canais". Luigi Barzini a descreveu no The New York Times como "indubitavelmente, a cidade mais bela construída por mãos humanas".

 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza

A República de Veneza foi uma grande potência marítima durante a Idade Média e o Renascimento, e um porto de escala durante as Cruzadas, bem como importante centro comercial (especialmente seda, grãos e especiarias) e artístico entre os séculos 13 e 17 da Era Comum.

 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza

Devido à sua localização estratégica em termos comerciais e bélicos, Veneza foi uma cidade rica em toda a sua história. Também é conhecida por seus diversos e importantes movimentos artísticos, como o Renascimento. Além disso, exerceu papel importante na história da música de câmera e teatro lírico, sendo a cidade natal de Antonio Vivaldi.

 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza

Enquanto alguns dizem que Veneza não está mais afundando, ainda não há certeza sobre o assunto. Portanto, o estado de alerta não foi revogado. Em maio de 2003, o Primeiro Ministro italiano Silvio Berlusconi inaugurou um projeto para avaliar o desempenho de portões ocos flutuantes (pontões). A ideia é fixar uma série de 78 pontões ocos no fundo do mar, atravessando as três entradas para a laguna. Quando houver previsão de maré mais alta do que 110 cm, os pontões se encherão de ar, fazendo com que flutuem e bloqueiem a água do Mar Adriático. Essa obra de engenharia será concluída em 2016.

 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza

A cidade histórica está dividida em seis áreas, ou sestieri, que são Cannaregio, San Paolo, Dorsoduro , Santa Croce, San Marco  e Castello. Cada sestiere é administrado por um procurador e sua equipe, e atualmente, cada uma delas é uma área histórica sem autonomia.

 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
Passeando de Gôndola por Veneza

Cada sestiere possui seu próprio sistema de numeração de casas. Cada casa tem um número único no distrito, que vão do 1 a vários milhares, geralmente numerados de uma esquina a outra da área, mas nem sempre de uma forma lógica, para desespero de alguns turistas.

 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza

Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza

A cidade é ainda mais bela ao anoitecer, com a água refletindo as cores quentes que vêm das luzes da rua.

 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
 
Passeando de Gôndola por Veneza

Veneza foi descrita pelo Times Online como uma das cidades mais românticas da Europa. Não é difícil de entender o motivo.

 
Passeando de Gôndola por Veneza

Veneza é um dos destinos turísticos mais importantes do mundo por sua celebrada arte e arquitetura. A cidade recebe uma média de 50 mil turistas por dia (estimativa de 2007). Em 2006, foi a 28a. cidade mais visitada do mundo, com 2,92 milhões de chegadas internacionais. Todos vêm visitar "La Serenissima", a bela Rainha do Adriático.

 
Passeando de Gôndola por Veneza

E podemos entender o porquê, não é mesmo?

 
Passeando de Gôndola por Veneza
 
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: