header print

Um Fotógrafo Arriscou-se Muito Por Estas Imagens!

Para ser um bom fotógrafo de verdade, é preciso deixar de lado o medo e correr riscos para capturar aquelas imagens realmente impactantes. É isso que o fotógrafo chileno Francisco Negroni fez, eternizando em sua câmera a fúria primitiva e épica de um poderoso vulcão. Francisco passou a noite acampado distante apenas centenas de metros do complexo vulcânico das montanhas Puyehue-Cordon Cauelle, na região central do Chile, que entrou em erupção em 2011 e ainda encontra-se em atividade atualmente.
 
vulcões, imagens

Do seu ponto de observação, ele tirou fotos e mais fotos de um dos mais agressivos fenômenos da natureza: o calor vermelho e a lava contrastando com o negro e azul profundo do céu.

vulcões, imagens
 
Mais estarrecedor do que os jatos de magma foi o show de luzes e som que ocorreu acima do vulcão, com imensa quantidade de cinzas e outras substâncias lançadas na atmosfera, gerando enormes descargas de eletricidade na forma de fulgurantes e intensos relâmpagos.
 
vulcões, imagens

Este fenômeno raro de ser presenciado denomina-se "tempestade suja". 

vulcões, imagens
 
vulcões, imagens
 
vulcões, imagens
 
vulcões, imagens
 
vulcões, imagens
 
vulcões, imagens
 
vulcões, imagens
Quando não está arriscando sua pele em busca de uma foto incrível, Francisco trabalha como guia turístico profissional, o que lhe permite andar pelas regiões que ele mais ama.  
Fonte: Antonio B.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: