maavaron
Você está sendo transferido para a página solicitada...
header print

A Cervejaria Mais Antiga do Mundo Pode Ter Surgido Há 13.000 Anos

 Para muitas pessoas ao redor do mundo, nada é mais gostoso do que uma cerveja bem gelada no final de um longo dia. Aparentemente, isso não é novidade, pois a pesquisa mais recente parece mostrar que a cerveja pode ser a razão pela qual nossos antigos ancestrais começaram a cultivar grãos em primeiro lugar, em vez de produzirem pão, como acreditava-se até agora.

Pesquisadores da Universidade de Stanford estavam explorando uma caverna em Israel, quando descobriram evidências da mais antiga operação conhecida de fabricação de cerveja, que eles acreditam que antecede o cultivo de cereais. Ambos os marcos foram feitos pelos natufianos, que viviam no leste do Mediterrâneo como caçadores-coletores há mais de 10 mil anos.

 
cerveja mais antiga do mundo

A equipe de pesquisadores foi liderada por Li Liu, professor de arqueologia chinesa na Universidade de Stanford. Juntos, eles analisaram traços de argamassa de pedra, que tinham cerca de 13.000 anos de idade. Tais argamassas foram encontradas em um cemitério natufiano, na Caverna Raqefet, perto de onde Haifa está hoje.

A ideia de que o cultivo original dos cereais era para a produção de cerveja e não para o pão está longe de ser nova. Na verdade, existe desde a década de 1950 e tem se tornado cada vez mais popular devido às descobertas de que a cerveja era uma parte essencial da sociedade natufiana.

cerveja mais antiga do mundo

A equipe não procurava ativamente por evidências relacionadas à cerveja, mas simplesmente as encontrou ao tentar descobrir quais alimentos à base de plantas os natufianos costumavam comer. Acontece que suas descobertas são evidência de uma operação de fabricação em grande escala, que Liu chamou de "o registro mais antigo de álcool produzido pelo homem no mundo".

A equipe acredita que sua descoberta pode ter entre 11.700 e 13.700 anos de idade, o que antecede a evidência mais antiga de panificação, localizada em um local nativo da Jordânia Oriental. Os pesquisadores acreditam que os natufianos produziram e beberam cerveja como parte de um ritual para homenagear os mortos.

cerveja mais antiga do mundo

O que é interessante é que mesmo os cervejeiros mais profissionais hoje provavelmente não reconheceriam essa cerveja antiga. Isso porque sua textura seria uma fina mistura de mingau, que incluiria ingredientes como aveia, cevada, trigo, linhaça e certos legumes.

Os pesquisadores acreditam que um processo de três etapas era usado para preparar essa cerveja antiga. Em primeiro lugar, eles deixavam os grãos para germinar na água, antes de drenar e secá-los, produzindo assim um malte. Em seguida, eles amassavam e aqueciam. Finalmente, eles adicionavam algum fermento selvagem e deixam a mistura inteira para fermentar ao longo do tempo.

cerveja mais antiga do mundo

Para testar essa hipótese, a equipe recriou esse antigo processo de fabricação passo a passo. Surpreendentemente, eles afirmam ter conseguido recriar uma bebida que teria sido muito semelhante à antiga cerveja dos natufianos.

"Essa descoberta indica que a fabricação de álcool não era necessariamente um resultado da produção excedente agrícola", disse Liu. "Mas foi desenvolvida para fins rituais e necessidades espirituais, pelo menos até certo ponto, antes da agricultura".

Fonte | Imagens

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade