header print

Piada: O filho do açougueiro

O Editor: Anna D.

 Lá pelos anos 60, num entardecer de verão, uma jovem entrou no açougue com notícias surpreendentes para o açougueiro: o bebê em seus braços era dele.

Confuso, o açougueiro não sabia o que fazer e, finalmente, ofereceu a única coisa que achou que podia: ofereceu-lhe carne de graça até o garoto completar 18 anos. Ela concordou.

Ele estava contando os anos em seu calendário, e um dia o adolescente, que recolhia a carne toda semana, entrou na loja e disse: "Farei 18 anos amanhã".

"Eu sei", disse o açougueiro com um sorriso, "eu também contei, diga à sua mãe, quando você levar esse pedaço de carne para casa, que é a última carne grátis que ela receberá, e observe a expressão do rosto dela."

 
Piada: Filho do açougueiro

Quando o rapaz chegou em casa, contou à mãe o que o açougueiro havia dito.

A mulher concordou e disse: "Filho, volte ao açougue e diga a ele que eu também tive pão grátis, leite grátis e mantimentos grátis nos últimos 18 anos e observe a expressão no rosto dele!"

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade