header print

Tudo Que Você Precisa Saber Sobre Lontras

O Editor: Laura Dias
 Pessoas em todo o mundo estão se apaixonando por esses animais aquáticos adoráveis e brincalhões. No Japão, as pessoas são tão obcecadas por lontras e pela ideia de tê-las como animais de estimação, que há sérios problemas de contrabando. Por mais fofas, inteligentes e amigáveis que as lontras possam parecer, elas são animais selvagens e inadequadas para uma vida doméstica. Além disso, possuir uma lontra é ilegal na maioria dos países.
 
Tudo isso não significa que não podemos apreciá-las de longe! Aqui estão alguns fatos surpreendentes que você pode não saber sobre lontras (incluindo vídeos!):
 
1. Lontras são animais sociais
 
animais adoráveis

As lontras são mustelídeos, o que significa que estão intimamente relacionadas com doninhas, martas, texugos e lobos. Enquanto a maioria dos mustelídeos são caçadores solitários, vários tipos de lontras (como a lontra norte-americana, a lontra-marinha e a ariranha) formam famílias e tribos. As lontras marinhas e de rios formam tribos do mesmo sexo, com filhotes machos deixando o grupo feminino o mais cedo possível. As lontras gigantes são um pouco mais progressistas e formam grupos heterogêneos que são liderados por um alfa que pode ser masculino ou feminino.

2. Lontras adoram brincar

animais adoráveis

Como parte de seu comportamento social, as lontras gostam de brincar. As brincadeiras para a maioria das lontras incluem perseguições e lutas, mas também podem incluir escorregar no gelo ou na lama, e uma forma pela qual uma lontra pode se divertir é fazer malabarismo com pedras no peito e na barriga. Pesquisadores não sabem exatamente por que elas fazem isso, e alguns pensam que as lontras marinhas fazem isso para treinar. O problema é que os grupos de lontras que normalmente não usam pedras como ferramentas também fazem esse tipo de jogo de malabarismo.

3. Lontras e suas rochas 

animais adoráveis

Falando em rochas, as lontras-marinhas estão entre os poucos mamíferos que demonstraram o uso de ferramentas na natureza. O mais conhecido delas é que conseguem quebrar moluscos ao equilibrar uma pedra no estômago. Algumas lontras se apegam a uma rocha específica e a mantêm à mão em uma bolsa sob a axila durante toda a vida. Então, sim, as lontras-marinhas têm uma pedra de estimação.

5. Lugar de encontro inesperado das lontras de rio

animais adoráveis

O lugar preferido das lontras é a latrina. Além de outros usos práticos, o local onde as lontras defecam também serve como ponto de encontro para diferentes tribos, onde uma jovem lontra pode escolher a qual grupo se juntar. Curiosamente, um dos comportamentos sociais nos quais as lontras parecem se envolver é uma “dança” inexplicável quando fazem suas necessidades, onde rebolam e pisam as patas traseiras. Não parece haver uma razão anatômica para essa dança. 

6. Lontras são peludas 

animais adoráveis
As lontras têm pelos incrivelmente densos, o que ajuda a isolar seu corpo da água fria e mantê-las secas e quentes por baixo. Lontras-marinhas, na verdade, têm a pele mais densa do reino animal, com cerca de um milhão de fios por polegada quadrada. Seu pelo é tão denso que a água não consegue penetrar, e o ar aprisionado no pelo ajuda a tornar as lontras flutuantes.
7. Mantendo-se na superfície
animais adoráveis

Mães de lontra-marinha são muito protetoras com seus filhotes. Como os filhotes são incapazes de nadar, as mães os carregam de bruços em um abraço carinhoso e amoroso. Se uma mãe precisar nadar para buscar comida, ela procurará um emaranhado de algas marinhas e envolverá o filhote nas algas para ancorá-lo no lugar. As lontras-marinhas adultas muitas vezes seguram as patas umas das outras para não se afastarem enquanto descansam.

7. Dando ao meio ambiente uma mão amiga

animais adoráveis

As lontras-marinhas não apenas usam as algas, mas também as protegem. Elas são incrivelmente importantes para a conservação das florestas de algas através de sua predação de invertebrados como ouriços do mar, animais que se alimentam de algas marinhas. Sem lontras, o número de herbívoros não seria controlado, causando danos ambientais reais.

8. Nem todas as lontras são fofas

animais adoráveis

As ariranhas têm focinhos curtos com narinas grandes, pelo curto e liso, pés palmados e olhos grandes e ameaçadores. Evidentemente, elas não são tão fofas quanto outras lontras, e seus nomes nativos refletem isso: na língua tupi brasileira, elas são chamadas de “onças-d'água” - e por boas razões. As ariranhas são predadoras que se alimentam principalmente de peixes (incluindo piranhas), mas também foram documentadas na caça e na morte de jacarés e anacondas.

Fonte das imagens: Eric KilbyPeter BurkaIngrid Taylar

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade