header print

A Bela e Perfeita Natureza em Azul

 Azul é minha cor favorita. No entanto, além do óbvio - o céu e o efeito que ele tem sobre a cor da água - há uma surpreendente falta de azul na natureza. Há muito poucas plantas ou flores azuis que não tenham sido modificadas pelo homem, não há mamíferos genuinamente azuis ou alimentos naturalmente dessa cor (alguns parecem azuis, mas são, na verdade, roxos - como as blueberries, por exemplo). Por essa razão, é particularmente especial quando encontramos exemplos de azul na grande tela da natureza. Aqui está uma coleção de alguns dos mais belos deles...
 
 1. A flor bluebell (Hyacinthoides non-scripta) decora florestas em todo o Reino Unido com belas ondas de azul a cada primavera. Poucos lugares são tão românticos quanto um campo dessas flores.
 
A Bela Natureza em Azul
2. A Borboleta Azul Mazarine (ou Semiargus Polyommatus) é encontrada em toda a Europa, Ásia e Norte da África e até mesmo na Antártica. Os machos têm asas de uma cor azul profunda para atrair as fêmeas, que são marrons.
A Bela Natureza em Azul
3. Um mar de 4,5 milhões de flores Baby Blue Eyes, também conhecidas como Nemophilas, fornece uma das muitas atrações no deslumbrante Hitachi Seaside Park, no Japão.
A Bela Natureza em Azul
4. Este pássaro bonito é o splendid fairywren (Malurus splendens), nativo de regiões áridas da Austrália. Adultos do sexo masculino exibem esta plumagem azul e usam pétalas roxas e rosas para atrair parceiras do sexo feminino. Eles são conhecidos por serem sexualmente promíscuos.
A Bela Natureza em Azul
5. A Vellela é uma espécie de água-viva conhecida por aparecer regularmente ao longo da costa da Califórnia. Elas brilham em um lindo tom de azul, criando uma espetacular vista marinha.
 
A Bela Natureza em Azul
6. As condições invernais certas, combinadas com o ângulo ideal da luz, criam incríveis cavernas de gelo azul nas regiões glaciais, como esta em Skatafell, na Islândia.
A Bela Natureza em Azul
7. Os impressionantes tons roxos e azuis dessas plantas são um colírio para todos os visitantes das Great Smoky Mountains, montanhas localizadas nos estados da Carolina do Norte e Tennessee, Estados Unidos.
A Bela Natureza em Azul
8. A cobra coral Malayan é lindamente azul, mas altamente venenosa. Ela se alimenta em grande parte de outras serpentes, em florestas tropicais do sudeste da Ásia. Não é exatamente algo que você queira ver pela frente, mas felizmente sua cor a impede de se camuflar.
A Bela Natureza em Azul
9. O Enallagma cyathigerum é um inseto conhecido como donzelinha e tem, em média, 35 milímetros de comprimento quando adulto. Eles podem ser encontrados em todos os países da Europa, com exceção da Islândia, e geralmente habitam áreas em torno de lagoas, rios ou lagos.
A Bela Natureza em Azul
10. Há vários exemplos diferentes de lagostas azuis, incluindo a peculiar (Homarus gammarus), que é azul quando viva, mas vermelha quando cozida. Ela é uma mutação da lagosta americana, onde o exoesqueleto azul é formado por grandes quantidades de certo tipo de proteína.
A Bela Natureza em Azul
11. As flores Lupinus texensis são muito amadas no estado americano do qual vem seu nome - o Texas - e florescem apenas entre meados de março e meados de abril, dependendo da temperatura.
A Bela Natureza em Azul
12. A lava azul que escorre do Kawah Ijen, um vulcão em Java, na Indonésia, é um indicador perfeito do grande poder da natureza.
A Bela Natureza em Azul
13. O Paracanthurus hepatus é um peixe com um corpo azul impressionante, uma cauda amarela e um belo desenho preto. Embora sejam encontrados em pequenas quantidades em vários lugares ao redor do mundo, eles não são abundantes em nenhum local. E, sim, esse é o peixe que inspirou a personagem Dory, em "Procurando Nemo"!
A Bela Natureza em Azul
14. A Papoula Azul do Himalaia é uma das poucas flores genuinamente azuis no mundo. Elas são encontradas em estados do norte dos Estados Unidos, incluindo o Alasca, onde o solo úmido e rico em adubo natural permite seu crescimento. É extremamente difícil cultivá-las em jardins - nem adianta tentar, infelizmente.
A Bela Natureza em Azul
15. O Guarda-rios é um pássaro icônico, nativo de todos os principais continentes do planeta. Sua distinta plumagem azul e laranja faz dele o modelo favorito de alguns fotógrafos e artistas de todo o mundo.
A Bela Natureza em Azul
16. As geadas de inverno trazem belos tons de azul às paisagens de todo o mundo, especialmente quando misturadas com a luz do entardecer, como retratado nesta estrada florestal.
A Bela Natureza em Azul
17. Há várias espécies de sapos azuis venenosos, mas esse sapo é apenas uma versão mutante dos seus mais amplamente conhecidos irmãos verdes. sua coloração anormal - mas belíssima - é atribuída à falta de pigmento na sua pele.
A Bela Natureza em Azul
18. Falando em sapos azuis venenosos, o mais famoso de todos é o Sapo-boi-azul (Dendrobates azureus). Na maioria dos casos, não é benéfico para criaturas ter a cor azul, o que provavelmente explica porque não há muitos animais dessa cor. Entretanto, se você tem pele venenosa e quer avisar os predadores, aí o azul é uma cor muito útil!
A Bela Natureza em Azul
19. A Baby-Blue Eye (como na foto 3) é nativa da Califórnia e é simplesmente fantástica quando vista de perto...
A Bela Natureza em Azul
20. É claro que quando olhos azuis são encontrados no reino animal, eles são impressionantes, como provado por este gato.
A Bela Natureza em Azul
21. A mais orgulhosa de toda as criações azuis da natureza é, naturalmente, o pavão. Como muitas das outras criaturas nesta lista, eles são ícones no reino animal e memoráveis por sua plumagem predominantemente azul e penas extravagantes.
A Bela Natureza em Azul
22. A flor Miosótis (Myosotis sylvatica) é originária da Rússia e se adapta muito bem nas regiões de baixa temperatura, sendo encontrada naturalmente em locais de grande altitude. Os miosótis estão espalhados por todos os continentes e podem ser encontrados inclusive na África, nos Andes e na região Sul do Brasil.
A Bela Natureza em Azul
23. A conhecida e imponente Hortência (Hydrangea macrophylla),  é originária do Japão e China, mas atualmente é cultivada como planta ornamental em todas as regiões temperadas e subtropicais do planeta. No Brasil, principalmente na serra gaúcha, estas belas flores fazem parte importante das belezas naturais daquela região. Segundo o poeta Mario Quintana, ela é "uma couve-flor pintada de azul". 
A Bela Natureza em Azul
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade