maavaron
Você está sendo transferido para a página solicitada...
header print

Conheça a Invenção Que Pode Melhorar a Vida de Muitas Pessoas

 Embora a eletricidade seja uma comodidade importante da qual não podemos viver sem, as contas podem vir muito salgadas no fim do mês, se abusarmos. Felizmente, existem pessoas que estão preocupadas com o futuro do meio ambiente e estão em busca de fontes alternativas de energia, como esta lâmpada que você vai ver abaixo:
 
Esta é uma lâmpada comum, que não precisa de combustível.
lâmpada de água e sal
Criada pelos irmãos Raphael e Aisa Mijeno, que vivem nas Filipinas, esta lâmpada funciona apenas com algumas tiras de metal e água salgada. Essa invenção foi feita para levar luz às comunidades rurais mais afastadas do país, sem acesso à eletricidade. Aisa, que também trabalha para o Greenpeace, sentiu-se na função de ajudar a essa comunidade, porque ela sentia que isso era um problema que precisava ser resolvido rápido.
lâmpada de água e sal

Aisa e Raphael Mijeno com o cheque recebido como vencedores do concurso IdeaSpace Philippines

Como muitos residentes rurais filipinos vivem sem eletricidade, eles são obrigados a usar lanternas à base de querosene, mas conseguir este combustível é algo complicado, pois o acesso ao transporte é difícil nessas regiões. Os habitantes precisavam caminhar até 12 horas só para comprar uma garrafa de querosene, que durava por apenas dois dias. A água salgada, no entanto, além de ser mais barata, é encontrada abundantemente em muitas regiões das Filipinas, pois grande parte das famílias, até mesmo as mais pobres, têm acesso a três itens básicos: água, arroz e sal.

A lâmpada pode funcionar por até oito horas seguidas, com apenas um copo de água e duas colheres de chá de sal. Mas como funciona?

Dois tipos de metal são submersos na água salgada, e então liberam elétrons em excesso, que vão de um metal para o outro, criando uma espécie de fio metálico. Este fio metálico produz a eletricidade que, consequentemente, gera a luz. Além disso, ao contrário das lanternas de querosene, as lâmpadas de sal não colocam as pessoas em risco, com incêndios, por exemplo, e por isso podem ser usadas em qualquer cômodo da casa, inclusive perto de crianças. E há outro benefício ainda maior: para moradores que vivem em regiões litorâneas, eles ainda têm o privilégio de utilizar a água do mar como combustível, ao invés de preparar a solução com água e sal.

 

lâmpada de água e salAisa Mijeno com residentes de uma família sem eletricidade, e sua lâmpada

As varetas de metal que funcionam como eletrodos precisam ser repostas duas vezes ao ano, mas, mesmo assim, os irmãos criadores da lâmpada acreditam que o custo-benefício é muito maior para famílias rurais e pessoas que vivem em regiões sem acesso à eletricidade.

 

Até então, essas lâmpadas geraram muito interesse em países do Sudoeste Asiático e também da Índia. A dupla criadora recebeu um grande apoio de novas empresas do leste da Ásia, e ajudas financeiras de organizações como a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional. Eles pretendem levar a ideia adiante, com grandes projetos pela frente.

Aisa e Raphael estão com esperança de construir um gerador movido a água salgada, que pode levar energia a uma casa inteira. E, possivelmente, depois disso, uma usina de água salgada. Por enquanto, eles desejam que as lâmpadas cheguem à produção em massa. O primeiro protótipo pode ser lançado em breve e, assim que isso acontecer, milhares de pessoas, não somente das Filipinas, mas de todo o mundo, podem se beneficiar com esta maravilhosa invenção.

Fonte

Fonte: Camilla Z.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade