header print

6 Sinais Estranhos que Podem Prever Problemas de Coração

A doença cardíaca ainda é o assassino número um no mundo. O que torna isso tão perigoso é que ela pode ser difícil de detectar e, muitas das vezes, quando os sinais aparecem, já é tarde demais. Infelizmente, é muito comum o primeiro sintoma ser a morte súbita ou um ataque cardíaco.

 
Uma das melhores maneiras de manter o controle sobre a sua saúde do coração é verificar com frequência os seus níveis de colesterol e triglicérides. Além disso, pesquisas também descobriram vários sintomas estranhos que podem prever doenças cardíacas, como você verá aqui. No entanto, não há necessidade de se preocupar se você tiver um desses sintomas. Apenas considere-os um bom lembrete para visitar o médico e verificar os seus níveis de colesterol.
 

Aqui estão seis sinais estranhos que podem indicar que você poderia ter problemas cardíacos:

1. Mau hálito
Sinais para identificar problemas de coração futuros
O mau hálito causado por doenças da gengiva deve ser observado, pois uma pesquisa do "Jornal Americano de Doença Preventiva" descobriu que isso pode indicar problemas cardíacos. Doenças na gengiva promovem a inflamação que, por sua vez, leva à doença de coração. Tratar essa condição e controlar o mau hálito pode reduzir o risco de problemas cardíacos no futuro, mostra a pesquisa.
2. Bocejar durante o exercício físico
Sinais para identificar problemas de coração futuros
Até os dias de hoje, apesar dos melhores esforços da ciência, bocejar continua sendo um fenômeno misterioso. No entanto, um estudo, realizado pela Universidade de Albany, nos EUA, sugere que um bom bocejo pode ajudar a promover a oxigenação do sangue e o resfriamento cerebral. É, portanto, natural bocejar durante o exercício físico, especialmente em dias quentes. Mas, bocejar sem parar durante os treinos, pode indicar que os mecanismos de refrigeração do corpo não estão funcionando como deveriam. Uma pesquisa realizada sobre o assunto indica que essa condição pode sugerir um problema de coração ou um problema circulatório.
3. Sentir-se tonto ao levantar-se
Sinais para identificar problemas de coração futuros
Tonturas ao levantar-se, também conhecidas como "hipotensão ortostática", na maioria das vezes, dura apenas um segundo ou dois. Mas se essa tontura dura alguns minutos, especialmente se você tem menos de 55 anos, isso pode sugerir um problema de fluxo de sangue subjacente, de acordo com uma pesquisa realizada na Universidade da Carolina do Norte. O estudo descobriu que as pessoas que sofrem este tipo de tontura prolongada são 54% mais propensas a ter insuficiência cardíaca mais tarde na vida, do que aquelas que não apresentam esse problema.
4. Uma ruga em seu lóbulo da orelha
Sinais para identificar problemas de coração futuros
Os sintomas de doença cardíaca tradicionais são geralmente diagnosticados junto a dezenas de problemas de colesterol ou diabetes. No entanto, de acordo com um estudo recente feito na Universidade da Pensilvânia, uma indicação de possíveis problemas cardíacos é uma ruga, ou vinco, diagonal em um ou ambos os lóbulos das orelhas. Acredita-se que esse vinco estranho do lóbulo sinaliza um bloqueio arterial e há muito tempo ele tem sido associado a problemas cardíacos. O estudo não é o primeiro a ser realizado sobre esta condição: ela é, por vezes, chamada de "Sinal de Frank", em homenagem ao pesquisador que descobriu essa correlação.
 
5. Pele limpa durante a adolescência
Sinais para identificar problemas de coração futuros
Pode parecer engraçado, mas a acne que tanto lhe incomodou quando você era jovem pode valer a pena em seus anos mais velhos. Um estudo do Jornal Americano de Epidemiologia descobriu que o risco de doença cardíaca coronária cai em 33% em pessoa que sofreram de acne. Verificou-se que os níveis circulantes mais elevados de testosterona durante a adolescência desencadeiam crises de acne. No entanto, este fator também parece protegê-lo de doenças cardíacas na vida adulta.

6. O tamanho do seu dedo anelar
Sinais para identificar problemas de coração futuros
Uma série de estudos descobriu que se o seu dedo anelar é o mesmo comprimento que o seu dedo indicador, é provável que você tenha um maior risco de doenças cardíacas por volta dos seus 40 a 50 anos. Dedos anulares mais longos nos homens são um sinal de maior exposição à testosterona fetal, o que tem sido associado a menores taxas de doenças cardíacas. Pesquisadores salientaram que a ligação pode não ser tão forte entre as mulheres. No entanto, se o seu dedo anelar é visivelmente mais longo, pode ser uma boa ideia fazer exames regularmente e prestar atenção no seu coração.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: