header print

Como Aumentar Sua Autoconfiança

Eu tive uma infância muito feliz. Brincava muito com outras crianças, tinha muitos amigos e, embora fosse um pouco tímido, não tinha problema para falar com as pessoas. À medida em que fui crescendo, aprendi que ser rechonchudo e esperto faz com que você não seja apreciado por sua aparência e seja invejado pelo seu cérebro. Sendo assim, eu me tornei solitário e aprendi a proteger meus sentimentos passando o dia no meu quarto e no meu computador.
 
 
Embora eu ainda tivesse alguns amigos que tornavam minha vida um pouco melhor, eu me sentia infeliz com minha aparência, e tentava parecer menos inteligente para obter o afeto e a aceitação dos outros. Ao atingir os 18 anos, a natureza me ajudou e eu cresci. De repente, eu não era mais gordinho. Porém, aquela criança rechonchuda e solitária permanecia lá, no fundo da minha mente.
 
Aquela criança magoada me manteve inseguro sobre minha aparência, forçando-me também a bancar o bobo, com medo de perder os amigos e ficar solitário de novo, caso me mostrasse muito esperto. Meu rendimento escolar também era baixo porque eu não queria parecer inteligente; minha vida sentimental também era um fracasso porque eu não tinha autoconfiança, e comecei a sentir-me muito desanimado  ao pensar no futuro.
 
Por sorte, consegui mudar essa sombria perspectiva e aprendi algumas formas de aumentar minha autoconfiança. Hoje eu sou uma pessoa feliz emocional e profissionalmente, rodeado de amigos que gostam de mim pelo que eu sou. Agora, é a minha vez de ajudar àqueles de nós que lutam contra a baixa autoestima. Apresento aqui algumas ótimas formas de modificar este quadro.
 
Primeiro, identifique algo em que você é bom, ou que você faça bem. Todos nós somos bons em pelo menos uma coisa. Você pode não ser o melhor na área, mas ser bom já é o suficiente - você pode sempre desenvolver e orgulhar-se do seu talento.
 
Tente se expressar através de uma forma de arte que você goste. Isso realmente aumenta a confiança, e também é uma forma de conhecer pessoas com as mesmas afinidades que você. Amigos que compartilham os mesmos interesses que os seus o farão sentir-se apreciado e desejoso de seguir adiante.
 
Se você não consegue lembrar-se de nada em que seja bom, pense em algo que gostaria de fazer - e faça! Não importa se você é bem-sucedido ou não. Tentar é o que importa!
 
Depois da primeira tentativa, você irá sentir-se muito melhor e sua autoconfiança começará a crescer.
 
Segundo, você deve sentir orgulho de suas boas qualidades. Sim, a modéstia é importante, mas se você é bom em alguma coisa, não fique constrangido por isso. Alegre-se pelo fato de possuir esse talento, pois eles fazem de você uma pessoa melhor. Lembre-se: você pode sentir-se orgulhoso por seus talentos e conquistas, e ainda assim, conservar sua humildade.
 
Se você começar a duvidar de si mesmo por causa de uma fraqueza ou outra, lembre-se de que você também possui boas qualidades e aptidões, e são elas que definem você, mais do que as suas fraquezas. 
 
Terceiro, identifique suas inseguranças. O que você acha que está lhe puxando para trás? Seria aquela vozinha lá no fundo da sua mente? A sua aparência? Alguma coisa de que você se envergonha? Encontre o que está lhe impedindo de seguir adiante e escreva num pedaço de papel. Ao dar um nome ao que lhe perturba e escrevê-lo no papel, você o transforma em um objeto tangível. Feito isto, RASGUE O PAPEL EM PEDACINHOS! É um truque psicológico que faz com que seu cérebro pense que você está destruindo a fraqueza real.
 
A seguir, fale sobre o assunto. Encontre uma pessoa amiga alguém em quem você confie e abra o seu coração. Desabafar sobre os problemas deixa-os mais leves, e outra pessoa pode sempre oferecer uma perspectiva diferente, apontando para aspectos que você não tinha percebido. Para isso servem os amigos! Mesmo que eles não possam resolver seu problema, o fato de você conseguir verbalizá-los já ajuda bastante.
 
Não permita que enganos do passado te deprimam. Todos nós erramos, o tempo todo. Porém, ficar empacado nos erros só serve para fazer você sentir-se mal sobre si mesmo. É uma atitude paralisante que arruína a sua autoconfiança e lhe impede de realmente aprender com o engano (acredite, sei bem do que estou falando!).
 
Lembre-se de que muitos bilionários falharam várias vezes e houve momentos em que seus negócios pareciam ir por água abaixo, mas isso jamais os impediu de seguir adiante.
 
Transforme o negativo em positivo. Evite as pessoas negativas e que veem um problema em cada solução. Quando você está cercado de gente negativa e pessimista, sua vida não anda para frente. Se você continua a dizer "não", jamais receberá um "sim". Procure o lado positivo em todas as situações, pois isso ajudará a enfrentar adversidades e a identificar oportunidades em situações difíceis.
 
Evite fazer comparações. Sim, sempre haverá alguém mais rico, mais atraente, mais em forma etc. Isso não significa que você não possa ou não deva se esforçar para melhorar. Em vez de olhar para as pessoas que você acha "melhores" do que você, pense em como você pode melhorar. Pode ser que você não esteja em tão boa forma quanto aquela pessoa na academia, mas, se continuar a se exercitar, perderá peso e sua aparência irá melhorar, bem como seu estado de espírito. Não inveje aquele colega de trabalho que parece mais inteligente do que você - examine o que você faz e o que pode ser melhorado e dedique-se a isso. Faça esforços para melhorar, não para ser perfeito.
 
Seja grato. Quando alguém lhe elogiar, aceite o elogio e agradeça. Não há nada errado nisso, e você não dará impressão de ser arrogante. Normalmente, quando alguém elogia, está demonstrando apreciação. Se você recusar-se a aceitar o elogio, estará também recusando a honesta apreciação de alguém.
 
Ajude outras pessoas. Muitos estudos já indicaram que quando ajudamos outras pessoas, esta ação libera dopamina em nosso cérebro, fazendo com que nos sintamos felizes. Ajudar alguém faz você sentir um senso de controle, propósito e benevolência - todos os três, ótimos estimulantes de confiança.
 
Faça contato visual. Ao falar com outra pessoa, evite olhar para o chão ou para os lados. Ao agir assim, você envia uma mensagem que diz que sua autoconfiança é baixa ou que você não quer falar com a outra pessoa. Em vez disso, faça contato visual - deixando evidente que você valoriza seu interlocutor, fazendo com que eles reajam da mesma forma e, assim, criando uma atmosfera de cordialidade e confiança.
Cuide da sua aparência. Cuidados pessoais são importantes fatores na construção da autoconfiança. Quando você está bem penteado, arrumado e bem vestido, as pessoas elogiam e acham você "bem". Quer admitamos ou não, nossa autoestima é influenciada por nosso aspecto externo. Portanto, uma boa aparência faz com que nos sintamos melhor!
 
Passe o tempo com pessoas de quem você gosta. Evite gente que só traz negatividade e passe mais tempo com gente que encoraja, apoia e estimula você. Estas são as pessoas que têm algo construtivo a dizer, e que nos ajudam a confiar em nós mesmos e nas nossas ações.
 
Não tenha medo do desconhecido. Ficar sempre apenas na sua "zona de conforto" deixará o seu mundo muito pequeno e sem graça. Em vez disso, experimente coisas novas, vá a lugares diferentes, conheça novas pessoas, aceite desafios. Nem tudo dará certo, mas você ganhará experiência, conhecimento e talvez até faça novos amigos pelo caminho.
 
Espero que estas sugestões ajudem a você como ajudaram a mim!
 
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: