header print

Hábitos Alimentares Que Você Precisa Evitar na Menopausa!

Assim como as ondas de calor, o aumento de peso é outro desafio que as mulheres têm de enfrentar com a chegada da menopausa. Isso acontece por causa da redução de estrógeno e o metabolismo mais lento, assim como o estilo de vida - dieta pobre em vitaminas e falta de atividades físicas são fatores que colaboram. Muitas mulheres enfrentam o problema de peso e cometem erros sem saber. Por isso selecionamos os dez maiores erros que as mulheres cometem na menopausa. Confira abaixo.

 
 

1. Consumo de açúcar

cuidado com o açúcar na menopausa

A menopausa causa desequilíbrios hormonais que descontrolam o quantidade de açúcar no sangue. Portanto, reduzir o consumo de açúcar é muito importante e fundamental para quem chegou nessa fase, principalmente para quem tem problemas com o aumento de peso. E atenção: este tipo de controle não se refere somente ao açúcar refinado, mas também alimentos ricos em açúcar, como bolos, biscoitos e alimentos industrializados. A melhor opção é consumir frutas e adoçantes naturais com moderação, como mel.

 

2. Refeições leves não resolvem o aumento de peso

refeições leves na menopausa ajudam

Muitas mulheres acham que evitar refeições calóricas ou muito gordurosas é a melhor forma de evitar o aumento de peso. Claro que uma alimentação leve é importante, mas é preciso verificar o tipo de gordura a ser evitado, pois o organismo precisa de gorduras saudáveis para manter o bom funcionamento do metabolismo. Além disso, algumas refeições consideradas leves escondem algumas armadilhas. Molhos prontos para salada, por exemplo, podem ter pouca gordura mas são ricos em açúcar. A melhor opção neste caso são alimentos ricos em vitamina E, ômega 3 e antioxidantes, como, por exemplo, nozes, peixe e abacate, que contêm uma pequena quantidade de gordura saudável.

 

3. O que você fazia aos 30 não vai funcionar aos 40

mude seus hábitos na menopausa

Vale lembrar que o corpo muda dos 30 para os 40 anos, mas as mudanças são ainda maiores a partir dos 40. Portanto, algumas técnicas praticadas há mais de dez anos não vão funcionar tão bem quando a menopausa chegar, pois as mudanças do metabolismo são maiores. E o que fazer neste caso? A primeira sugestão é reduzir o consumo de calorias diárias (preferencialmente com o auxílio de um nutricionista) e praticar atividades físicas, principalmente com foco no aumento de massa muscular. Uma dica: o ideal nesta fase da vida é caminhar o equivalente a 10 mil passos por dia. Utilizar um pedômetro, aquele aparelhinho que conta os passos, pode ajudar.

 

4. Excesso de cálcio

cuidado com excesso de cálcio na menopausa

O cálcio é importantíssimo nesta fase da vida, principalmente para a saúde dos ossos, mas ingeri-lo mais do que 1.000 mg (1 grama) por dia pode não ser uma boa ideia. O excesso de cálcio pode causar pedras nos rins, constipação intestinal e problemas cardíacos. A melhor opção é ingerir alimentos ricos em cálcio ao invés de suplementos - leite desnatado, queijos magros, ricota, couve, brócolis, feijão, tofu, amêndoas e leite de coco, por exemplo. Exercícios físicos que fortalecem a musculatura também contribuem para ossos saudáveis.

 

5. Cuidado com o vinho

consumo de vinho moderado faz bem na menopausa

Já foi comprovado pela ciência que o consumo moderado de vinho tinto traz vantagens para a saúde. Mas não se pode esquecer que se trata de uma bebida alcoólica, e o excesso de álcool faz mal. A quantidade certa é meia taça de vinho por dia. Esta medida sim é saudável, reduzindo o risco de doenças cardíacas e câncer de mama. Vale repetir: consuma com moderação, e preferencialmente pratique alguma atividade física.

 

6. Excesso de soja

excesso de soja também pode fazer mal na menopausa

A soja age como um tipo de simulador de estrogênio no organismo, e por isso muitas mulheres a consomem com a chegada da menopausa. Mas a soja em excesso pode causar problemas na glândula tireoide. Além disso, mulheres que já tiveram ou têm na família algum caso de câncer de mama devem também ter cuidado, pois aumenta os riscos de câncer associados à produção descontrolada de estrogênio. Os alimentos ideais neste caso são o tofu, o missô e o edamame (vagem de soja). Alimentos naturais são muito mais saudáveis e com quantidade equilibrada de estrogênio.

 

7. Não seguir uma dieta balanceada

dietas são importantes na menopausa

Monitorar o que você come durante o dia é uma boa alternativa para controlar o peso na menopausa. Uma boa ideia para isso é fazer uma espécie de plano ou tabela com o que você consome, ou até mesmo uma dieta balanceada com o apoio de um nutricionista.

8. Comer para espantar sentimentos

evite doces e comidas pesadas na menopausa

A menopausa é um período no qual a mulher se sente muito sensível. As alterações hormonais também causa mudanças no humor. Muitas delas se sentem deprimidas, estressadas, ansiosas e irritadas, e descontam tudo na comida, principalmente no consumo de doces e massas. Mas esta não é a melhor solução. O alívio após o consumo de um chocolate, por exemplo, pode ser imediato, mas as sensações vão voltar, além do risco de ganho de peso. A melhor opção são é a atividade física. Pode ser algo leve, como ioga. Acalmar a mente com outras coisas também vai espantar a vontade de comer. Meditação, psicoterapia e uma vida social com amigos e familiares melhora consideravelmente essas sensações desagradáveis. E não engorda!

 

9. Distribuir refeições de forma inadequada

molhos prontos para salada são ruins para menopausa

O tipo de alimentação varia de acordo com cada pessoa. Algumas mulheres se sentem melhor quando tomam um farto café da manhã, enquanto outras preferem um desjejum leve e optam por pequenas refeições durante o dia. Já outras preferem apenas as três refeições principais. O mais importante neste caso é ver como funciona o metabolismo e seguir uma rotina adequada. Dessa forma, diminui-se consideravelmente o risco de aumento de peso.

 

10. Não ingerir líquido, principalmente água

beber água é importante para quem chegou na menopausa

Quando o corpo não está hidratado, o nível de açúcar e sal no sangue se alteram. Não vai adiantar comer uma fruta ou um lanche saudável no meio do dia se o corpo não está hidratado, pois o organismo vai absorver o sal e o açúcar desses alimentos de forma inadequada. Por isso, tomar muito líquido durante o dia, principalmente água, é fundamental.

 

Nota: As informações e sugestões contidas neste site são meramente informativas e não devem substituir consultas com médicos especialistas.

 
Fonte: prevention.com

 

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: