header print

Conheça Esses Incríveis Animais Mutantes

Um dos fatores mais impressionantes que existe no mundo animal é a capacidade que muitos deles têm de serem mutantes, como mudar a cor da pele ou imitar alguma outra espécie. É como um milagre da natureza. Desde os locais mais frios e distantes do Ártico ao fundo do oceano, esses animais se transformam para se adaptar ao ambiente onde estão ou para se proteger de algum perigo que se aproxima. Conheça alguns deles!

 

Perereca-do-pacífico

Animais mutantes que mudam de cor, perereca-do-pacífico

Fonte

Essa pequenina rã, que mede entre entre 2,5 e 4 centímetros, é usualmente encontrada em bosques e pastos na costa oeste da América do Norte. Uma de suas características são suas patas, com espécie de dedos longilíneos, que ajudam a escalar e a mantê-la presa nos galhos das árvores, embora também sejam encontradas no solo e em lagos. A diversidade de cores da pele também é outra peculiaridade marcante. Elas podem ser verdes, vermelhas ou diferentes tons de marrom, e mudam de cor de acordo com o ambiente em questão de minutos. Dessa forma, elas se protegem de predadores, como cobras e pássaros, que não conseguem enxergá-la. Podem ficar marrons como a madeira ou verdes como as folhas.

Raposa-do-ártico

raposa-do-ártico

Este é um dos mais lindos animais do Ártico, com uma impressionante capacidade de adaptação. A raposa-do-ártico pode sobreviver a impressionantes baixíssimas temperaturas em torno de -50 graus. Ela gosta de viver em tocas próximas à neve bem espessa. A pele e o pelo grossos facilitam sua sobrevivência, e assim elas se mantém bem adaptadas ao clima gélido do Ártico. O corpo arredondado e as pernas curtas ajudam a conversam a temperatura corporal. Outra curiosidade é que a raposa-do-ártico tem uma pele espessa nas patas, e por isso consegue andar na neve e em lagos congelados. Seu pelo é todo branco como a neve, o que facilita na sua sobrevivência, pois pode se esconder de predadores e caçadores. É difícil encontrá-la na imensidão de uma paisagem coberta de neve.

 

Besouro-joia

besouro-joia, animais mutantes que mudam de cor

Fonte

Este lindo bichinho já foi chamado de metriona bicolor. Seu nome científico é Charidotella sexpunctata, mede apenas 7 milímetros e é encontrado na América do Norte. É chamado de besouro-joia por causa da sua coloração dourada. Sua habilidade para mudar de cor rapidamente é uma das particularidades à parte entre as espécies de besouros. Quando se sentem ameaçados, mudam de cor entre 2 a 3 minutos, do dourado para laranja, controlando o fluido dentro de sua couraça. Eles mudam para laranja pois os predadores acham que se trata de um inseto venenoso. O besouro-joia gosta de ficar em plantas como a batata-doce e a flor glória-da-manhã.

Polvo mímico da Indonésia

Polvo mímico da Indonésia, molusco que muda de cor e imita outros animais

Fonte

Este é um incrível e inteligente animal aquático que habita o Oceano Pacífico, mais especificamente na Indonésia. Tem o nome “mímico” por causa da sua habilidade de imitar outros animais aquáticos, como peixe-leão, serpentes marinhas, manta e água-viva. Além do movimento corporal, este polvo muda de cor, a mesma cor dos animal que está imitando. Essa técnica também é utilizada para sobrevivência. Quando se sente ameaçado, pode se tornar da mesma cor de corais, por exemplo. Outros fatores interessantes é que o polvo imita, em sua maioria, animais venenosos. E caso não tenha nenhum alimento por perto, eles costumam atacar a mesma espécie, o que é pouco comum nos animais marinhos.

Choco

Choco, animal aquático mutante que muda de cor

Fonte

Este é também um dos animais mais inteligentes que habitam as águas. Com duas longas membranas laterais e oito tentáculos frontais, o choco também tem uma excelente habilidade de camuflagem. Com a ajuda de milhões de células de pigmentação, o choco facilmente muda de cor de acordo com o lugar em que se encontra, e podem se tornar até invisíveis no fundo do mar, o que facilita sua proteção contra predadores. O mais impressionante é que o choco não é sensível a cores, ou seja, quando ele muda de cor, suas células imediatamente identificam o que está ao redor e assim mudam a coloração. O choco, porém, consegue ver luz polarizada, que é invisível ao olho humano.

Linguado

Linguado, peixe mutante que muda de cor

Fonte

O linguado é um excelente exemplo de camuflagem. São em sua maioria de cor marrom com diferentes marcas e sinais. Eles podem facilmente mudar de cor dependendo do hábitat em rápidos e impressionantes 8 segundos!

Quando um linguado chega em um novo lugar, seu corpo usa a luz recebida através da retina no corpo para detectar a cor da superfície. Seu corpo então passa a produzir a pigmentação para se adaptar ao novo ambiente. Além disso, os linguados são animais noturnos e buscam comida somente à noite. Sua fácil camuflagem lhe permite se proteger de predadores como tubarões e enguias.

Camaleão

Camaleão, réptil mutante que muda de cor

Quando se fala em mudança de cores, o camaleão é o rei. Praticamente todos conhecem esse réptil mundialmente famoso. A rápida mudança de cor de sua pele é um de seus principais atributos. O ambiente e o seu comportamento influenciam essa mudança, mas a exposição à luz também influencia. É um dos animais com maior facilidade de visão, pois seus olhos conseguem se mover em até 360 graus, e sua língua é duas vezes maior que o tamanho do próprio corpo, por isso tem facilidade para caçar insetos.

Existem mais de 160 espécies de camaleões espalhadas pelo mundo, e alguns deles conseguem chegar a qualquer cor. A maioria está concentrada em Madagascar.

Fonte: The Mysterious World

 

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: