header print

Divirta-se Com Essas Piadas de Papagaio!

Ligando para a polícia

O policial do 190 atende o telefone:

— Pelo amor de Deus! Mandem alguém urgente aqui! Entrou um gato em casa!

— Mas como assim, meu senhor? Um gato?

— Sim, um gato, é uma emergência!

— O senhor está usando um tipo de código?

— Não! É um gato mesmo! É caso de vida ou morte! Venha logo!

— Mas quem está falando?

— É o papagaio, poxa!

 

Silvio Santos e o papagaio

Todas as vezes que o Silvio Santos saía de casa, o papagaio do vizinho cantava:

“Silvio Santos vem aí, olê, olê, olá, Silvio Santos vem aí...”

Até que um dia, Silvio Santos, muito irritado, ameaçou:

— Se você cantar isso mais uma vez vou te prender na caixa d’água!

No dia seguinte o papagaio volta a cantar e Silvio Santos cumpre a ameaça. Na semana seguinte, Silvio Santos abre a caixa e o papagaio canta:

“Olê, olê, olá, se danou que eu sei nadar! Olê, olê, olá, se ferrou que eu sei nadar!”

papagaio

Papagaio poliglota

Na loja de animais tinha um papagaio poliglota à venda por mil reais. Um dia, um homem entrou na loja e se interessou, e perguntou como o papagaio funcionava. O dono da loja respondeu:

— Você levanta a asa direita e ele fala francês, a esquerda ele fala alemão. Se levantar a perna direita ele fala italiano, e a direita, português.

O cliente ficou abismado. E perguntou:

— E se eu levantar as duas pernas?

O papagaio responde:

— Eu caio, imbecil!

Papagaio no ombro

Um certo jogador de futebol entra em um restaurante com um papagaio no ombro.

O garçom pergunta:

— O animal fala?

E quem responde é o papagaio:

— Sim, e eu também.

 

A galinha e o papagaio

O galo olha para a galinha e diz:

— Giselda! Estou muito desconfiada daquela sua amizade com o papagaio!

— Relaxa, meu amor. Eu e o louro somos apenas bons amigos.

— Ah, é? Pois se aparecer mais um ovo verde aqui você vira frango assado!

Papagaio de mudança

A mudança foi toda colocada no caminhão. Um desses de carroceria aberta, abarrotado de móveis e lá em cima de tudo a gaiola com o papagaio. A mudança devia estar mal-arrumada e as ruas eram muito esburacadas.

Com o balanço, a gaiola caiu com o papagaio. Desceu todo mundo, acudiram o papagaio e botaram a gaiola la em cima. Dali a pouco o pobre coitado despenca outra vez. E outra vez. E mais outra, mil tombos. Aí o papagaio, já irritado, no último tombo virou-se para o dono e disse:

— Faz o seguinte: me dá aí o endereço que eu vou a pé.

 

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: