header print

A Primeira Confissão

Em uma pequena cidade do interior, um padre estava sendo homenageado com um jantar em comemoração de seus 25 anos na paróquia. O prefeito da cidade, que era um membro da congregação, foi escolhido para fazer uma homenagem ao padre e dar um pequeno discurso durante o jantar, mas estava atrasado, preso no trânsito.
 
Enquanto esperavam, o padre achou que seria apropriado dizer algumas palavras de agredecimento à comunidade.
 
"Vejam bem", começou, "a privacidade do confessionário jamais pode ser quebrada. No entanto, sem entrar em muitos detalhes, posso dizer que tive as minhas primeiras impressões da paróquia com a primeira confissão que ouvi aqui. Eu só posso falar vagamente sobre isso, mas quando cheguei, há 25 anos, achei que tinha vindo parar em um lugar terrível.
 
 
 
O primeiro rapaz que entrou no meu confessionário me contou que havia roubado um aparelho de televisão e, quando parado pela polícia, quase assassinou o oficial. Além disso, ele me disse que tinha roubado dinheiro de seus pais, desviado verbas do seu local de trabalho, teve um caso com a esposa do seu chefe, usou drogas, e passou uma doença venérea à sua prima.
 
Eu fiquei chocado, mas com o passar dos dias, percebi que as pessoas da cidade não eram todas assim, e que eu tinha, de fato, chegado a uma paróquia ótima. Hoje vejo como aquele era um caso à parte."
 
Assim que o padre terminou seu discurso, o político chegou cheio de desculpas pelo atraso. Ele imediatamente começou seu discurso, sem saber o que padre havia falado antes...
 
"Eu nunca vou esquecer o primeiro dia do nosso padre na nossa cidade", disse o político. "Na verdade, eu tive a honra de ser o primeiro cidadão a confessar com ele..."

 

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: