header print

Feliz Para Sempre?

Cinderela estava agora com 75 anos. Depois de uma vida feliz com o Príncipe Encantado, agora falecido, ela passava os dias sentada numa cadeira de balanço, vendo o mundo passar, na varanda de sua casa, em companhia de um gato chamado Alan.
 
Num belo domingo à tarde, do nada, surgiu a Fada Madrinha. Cinderela exclamou: "Minha fada Madrinha! O que a senhora está fazendo após tantos anos?"
 
A Fada Madrinha respondeu: "Bem, Cinderela, como você teve uma vida boa e exemplar desde a última vez que nos encontramos, decidi conceder-lhe três desejos. Existe alguma coisa que você queira?"
 
Exultante, após alguma consideração, Cinderela disse: "Eu quero ser absurdamente rica." Imediatamente, sua cadeira de balanço transformou-se em ouro maciço. Cinderella estava pasma. Alan, seu velho e fiel gato, pulou do seu colo e correu para um canto da varanda, com medo.
 
Cinderela disse: "Oh, obrigada, Fada Madrinha!"
 
A Fada Madrinha respondeu: "Bem, era o mínimo que eu poderia fazer. O que será o seu segundo desejo?"
 
Cinderela olhou para o seu corpo frágil, e disse: "Desejo voltar a ser jovem, e cheia da beleza e vigor da mocidade!" Logo, o seu desejo tornou-se realidade, e sua bela aparência da juventude voltou.
Cinderela teve sensações que há muito tempo estavam adormecidas, e a energia e vitalidade de outrora voltaram ao seu corpo.
 
Novamente, a Fada Madrinha disse: "Você tem mais um desejo. O que vai ser?"
 
Cinderela olhou para seu gato, que estava assustado num canto, e disse: "Quero que você transforme Alan, meu fiel companheiro, em um belo e vigoroso homem."
 
Num passe de mágica, Alan sofreu uma total transformação. De gato, passou a ser um jovem moreno, de olhos verdes, alto e atlético. Um homem belo como ela nunca tinha visto.
 
A Fada Madrinha falou, então: "Parabéns, Cinderela. Aproveite sua nova vida!" E desapareceu numa nuvem azul. 
 
Por alguns instantes, Cinderela e Alan olharam um para o outro. Cinderela sentou-se ofegante, olhando para o homem mais perfeito que ela jamais havia visto.
 
Então, Alan aproximou-se de Cinderela, e envolveu-a com seus braços de músculos firmes.
 
Inclinando-se perto do ouvido dela, ele sussurrou, com uma voz rouca e sexy: "Aposto que você está lamentando ter mandado me castrar, não é?"
 
Imagens cortesia de: imagerymajestic / freedigitalphotos.net
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: