header print

O Carro Elétrico Mais Eficiente em Termos Energéticos

O Editor: Laura Dias
 A ideia de extrair energia da luz do sol não é exatamente nova. Já em meados da década de 1800 as pessoas estavam preocupadas com a ideia de que um dia ficaríamos sem combustível, e o primeiro painel solar foi instalado em um telhado de Nova Iorque em 1884. Mas a ideia de impulsionar um veículo através da energia solar não foi realizada. Na verdade, isso ocorreu muito mais tarde, na década de 1950, e o desenvolvimento de veículos movidos a energia solar tem ocorrido a um ritmo lento desde então. Tudo isso mudou agora, com a introdução de um carro movido a energia solar que pode percorrer 321 km/h com uma única carga.
 
Os problemas com a fabricação de um carro solar viável são numerosos: obter energia solar suficiente para impulsionar um veículo pesado é um problema, e esse carro enfrenta sérios problemas durante a noite e o inverno, ou em qualquer dia nublado. Mas isso não significa que a energia solar não possa ser usada para complementar outras fontes de energia mais convencionais.
 
carro solar

Apresentamos o Lightyear One, um carro produzido pelos holandeses que promete ser a próxima grande sensação em carros sem gasolina. A ideia do Lightyear One surgiu devido aos problemas enfrentados pelos carros elétricos, a saber, falta de estações de recarga e ineficiência energética. Mas e se, além da eletricidade, a bateria do carro também for carregada pelo sol?

O Lightyear One oferece exatamente essa solução, um carro elétrico-solar híbrido que promete entregar o dobro da eficiência energética de outros carros elétricos e minimizar a carga. Enquanto os carros elétricos comerciais modernos podem percorrer cerca de 320-480 km/h em uma única carga, o CEO da Lightyear, Lex Hoesfloot, promete que o Lightyear One pode percorrer 321 km/h milhas antes de precisar ser recarregado novamente.

sustentável

Dizem que os tempos de carregamento são mais curtos, como Hoesfloot diz que o carro pode reabastecer 375 km de energia durante a noite em praticamente qualquer tomada elétrica de 230v.

E enquanto matrizes solares em carros podem parecer uma mosntruosidade, o Lightyear One ostenta um design lustroso, bonito onde os painéis são parte do estético, em lugar de uma necessidade infeliz de melhorar o design do carro.

carro
A pegada está no preço, já que o carro vai custar 593.000 reais, o que é compreensível, considerando o custo da tecnologia, mas pode ser um obstáculo para compradores em potencial. Hoesfloot diz que os modelos futuros serão mais baratos e serão fornecidos para frotas de carros autônomas e compartilhadas, reduzindo ainda mais o preço. Outra coisa a considerar é que a maior promessa do Lightyear One é reduzir os custos operacionais gerais e mais valor em dólares por km.

Fonte de imagem: Lightyear  

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade