header print

O Homem que Moveu uma Montanha

 
Aqui está a admirável e inspiradora história de um homem que, sozinho, moveu uma montanha apenas para ajudar as pessoas.
 
Há cerca de cinquenta anos, um agricultor sem terras chamado Dashrath Manjhi, de Gaya, Bihar, Índia, decidiu solucionar o problema de comunicação dos habitantes da sua aldeia, que estavam quase isolados do resto do mundo por quase intransponíveis montes de rochas.
 
Por volta de 1959, sua esposa faleceu por estar doente e não ter acesso a socorro imediato, pois não havia como transportá-la até o ambulatório médico mais próximo, que ficava do outro lado dos montes com 90 metros de altura. A tristeza pela perda da esposa fez com que Manjhi, sozinho, decidisse criar uma passagem no local, de forma que ninguém mais tivesse o mesmo destino de sua amada companheira.
 
Ele vendeu seus bodes e cabras para comprar cinzeis, cordas e martelos. A mudança na sua atitude transformou-o no motivo de riso entre as pessoas, que o chamavam de esquisito e de maluco.
 
 
i
Sem importar-se com a opinião dos outros, Manjhiseguiu seu objetivo com determinação, martelando, cortando e abrindo brechas na rocha por 22 anos. No final do seu árduo trabalho, ele finalmente ficou cara a cara com o seu sonho: O OUTRO LADO DO MONTE! Ele reduziu a distância de 70km para apenas 1km.
 
 
Após concluir sua tarefa, Dashrati Manjhi tornou-se conhecido como "O Homem da Montanha".
Lamentavelmente, após uma luta contra um câncer, este ser humano admirável faleceu em 18 de agosto de 2007, no Instituto Indiano de Ciências Médicas em Nova Delhi, sendo devidamente homenageado no seu funeral.
 
Dashrath Manjhi, um homem que foi ridicularizado por sua determinação e força de vontade, deixa como legado estas qualidades e uma passagem mais curta, usada por seus conterrâneos todos os dias.
 
Algumas valiosas lições para aprendermos com essa história:
 
1. A paciência é a maior das virtudes que nos conduzem ao sucesso.
2. Sonhe com o impossível!
3. Atitude é fundamental.
4. Mantenha seu pensamento positivo.
5. Não dê importância se as pessoas acharem que você está maluco por causa das suas ideias ou objetivos originais. 
Fonte: Gayatri B.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: