header print

10 Castelos Extraordinários Construídos por Amor

O amor, dizem os poetas, faz o mundo girar. O amor é a força mais poderosa que existe, e quando estamos enamorados, nos sentimos nas nuvens, desligados da terra. De fato, o amor tem sido a inspiração de incontáveis obras de arte, livros, filmes, peças de teatro e músicas. Algumas pessoas, assim parece, construíram monumentos ao seu amor, para demonstrá-lo com pedras e argamassa.
 
Castelos, aparentemente, são a suprema declaração de amor, construídos com grandes gastos e trabalho para servir de morada romântica, como nos contos de fada onde os habitantes viveriam felizes para sempre. A ironia é que muitos destes imponentes castelos construídos por amor foram palcos de tragédias. Aqui estão algumas breves histórias sobre algumas dessas legendárias edificações.
 
       
1.  Castelo de Boldt 
       
castelos        
 
Vista aérea do Castelo de Boldt no rio São Lourenço, perto da Baía de Alexandria, Nova Iorque. Esse castelo foi erguido em 2 hectares de terreno por George Boldt como prova de amor à sua mulher, Louise, e estava planejado para ser presenteado a ela no dia de São Valentim de 1905. Infelizmente, o destino decidiu de outra maneira.
 
       
castelos        

O Castelo de Boldt situa-se na linda Heart Island e permanece um monumento de amor até os dias de hoje - o amor de George por Louise.

Conforme a história do local, "a partir de 1900, a família Boldt começou a passar os verões nas Mil Ilhas, na sua casa de veraneio, chamada Wellesley House. Enquanto isso, 300 trabalhadores, incluindo pedreiros, carpinteiros e artistas dedicavam-se à construção do edifício de seis andares, 120 aposentos, túneis, casa de força, jardins italianos, ponte levadiça, casa para recreação das crianças (Alster Tower), e um pombal. Nenhum detalhe foi esquecido e não houve economia nos gastos."
       
         
castelos        
 
"O homem faz planos e Deus ri."
 
O castelo de Boldt estava planejado para ter onze estruturas, sendo a maior e mais luxuosa residência nas Mil Ilhas. Porém, a tragédia ocorreu um ano antes da sua conclusão, quando Louise morreu. George, com o coração partido, mandou parar a construção e nunca mais retornou à ilha.
 
As obras incompletas permaneceram assim, abandonadas por 73 anos, sob a ação das intempéries e dos vândalos. Em 1977, o castelo voltou a ter um proprietário ao ser adquirido pela Thousand Islands Bridge Authority pela quantia simbólica de ... USD 1.00. Desde então, ele foi restaurado e vem sendo preservado como merece.
 
À esquerda: a escadaria. À direita, de cima para baixo: portões principais e Alster Tower. Ao centro, a casa do iate. Abaixo, o poente refletindo na casa de força do castelo de Boldt.
 
       
castelos        

O Castelo de Boldt é uma bela concepção arquitetônica, e possui tudo o que deve haver em um castelo romântico. Atualmente, tornou-se local de celebração de cerimônias de casamento. 

 

       
2. Casa Loma         
castelos        

Casa Loma foi construída pelo Major General Sir Henry Mill Pellatt, que prometeu à sua esposa, Mary, um "castelo espalhado". O início das obras foi em 1911 e Sir Henry não economizou nos gastos. A construção foi considerada muito moderna na época, e custou em torno de USD 5 milhões - mobília incluída. Para fazer uma ideia mais precisa, hoje, o custo seria equivalente a USD 65 milhões.

Apesar do esmero e da beleza, o casal viveu lá apenas durante 10 anos, até perderem sua fortuna nos anos da depressão que seguiu-se à 1a. Guerra Mundial. Sir Henry foi obrigado a leiloar USD 1.5 milhões em obras de arte e o mobiliário foi rematado por apenas USD 250.000.
 
       
castelos        
 
Cerca de 300 construtores trabalharam nas obras do palacete, que possui 98 aposentos distribuídos em três andares e era a maior residência particular do Canadá. Além disso, contava com "um elevador, um forno grande o suficiente para assar uma rês, duas passagens verticais para tubos de órgão, aspirador de pó central, duas passagens secretas no escritório de Sir Henry, no térreo, e três pistas de boliche."
 
Uau.
 
Depois que o casal deixou o castelo, ele tornou-se um hotel por um breve período na década de 1920, e, depois, um clube noturno.
 
       
castelos        

Atualmente, a Casa Loma é um museu e um dos principais locais de visitação turística. O exterior do palacete foi restaurado, bem como seus 2 hectares de belos jardins.

       
3. O Taj Mahal
       
castelos        
 
Todos nós conhecemos o belo Taj Mahal em Agra, Uttar Pradesh, Índia. Embora ele tenha sido construído por amor, foi idealizado em memória de um amor, pois é o mausoléu onde repousa Mumtaz Mahal, a esposa favorita do Imperador Shah Jahan.
 
       
castelos        

Visão lateral do Taj Mahal. O domo e os quatro minaretes foram construídos com puro mármore branco. O Imperador queria que fosse o monumento mais glorioso já construído por um homem, para uma mulher. Não se pode dizer que ele falhou...

       
castelos        

O interior do Taj Mahal, bem como alguns prédios externos, foram construídos, em sua maioria, com arenito vermelho. Na sua concepção, os arquitetos utilizaram diferentes estilos arquitetônicos, combinando caracteristicas indianas, persas e islâmicas. Porém, o "coração" do mausoléu é a sala onde se encontra a tumba de sua amada Mumtaz Mahal.

       
4.Castelo de Kellie         
castelos        
 
O castelo de Kellie, o mais antigo da Malásia, foi construído como prova do amor que o fazendeiro escocês William Kellie Smith sentia por sua seposa Agnes. Em 1903, William trouxe Agnes para a Malásia e para o castelo. Porém, ela não estava feliz lá e sentia muita saudade de sua terra natal. Em 1915, Agnes deu à luz um menino, e foi quando Kellie cometeu o erro de expandir a propriedade. Uma decisão que transformou um lindo castelo em uma triste história.
 
       
castelos        

Durante esta construção e para celebrar o nascimento do seu filho, William decidiu combinar três estilos arquitetônicos diferentes: indiano, greco-romano e mouro. Quase imediatamente após o início das obras, a gripe espanhola irrompeu na região, matando grande parte dos 70 construtores que ele havia contratado, e aterrorizando muitos dos sobreviventes. Para acalmar os trabalhadores indianos, Kellie construiu um templo hindu perto do castelo. Isso fez com que os operários indianos voltassem ao trabalho.

       
castelos        

Embora os trabalhos de construção tenham sido retomados, muitos operários espalharam histórias sobre o castelo ser "amaldiçoado" e "assombrado". Quando Kellie viajou à Inglaterra para comprar um acessório para a torre do castelo, ele apanhou pneumonia e morreu pouco depois. Após a sua morte, os operários fugiram do local e a obra permaneceu inacabada. Muita gente ainda diz que o local é assombrado, fazendo com que atraia a visita de grupos que estudam fenômenos paranormais todos os anos.

       
5. Castelo de Thornewood         
castelos        

O Castelo de Thornewood (é mais um palacete) foi mesmo construído por amor. Está situado em Tacoma, Washington, EUA. Não foi edificado para uma jovem noiva ou para um amor perdido, mas sim, para Anna, a esposa de Chester Thorne há 20 anos. Devido ao seu belo interior, foi utilizado como cenário do filme "Rose Red", baseado num livro de Stephen King.

Foto superior, central: Construção do palacete, 1910. Inferior, à esquerda: living. Inferior, à direita: lareira do living.

       
castelos        

Os jardins de Thornwood são deslumbrantes, e foram originalmente construídos para Anna, que costumava chamar o jardim cercado em estilo inglês de "jardim secreto". O tabuleiro de xadrez é um remanescente daqueles tempos e uma testemunha silenciosa do verdadeiro amor entre um homem e uma mulher. Informamos, com satisfação, que esta é uma residência feita por amor que NÃO teve um final triste. Que bom.

       
6. Palácio do Lago Taj 
       
castelos        

Alguns castelos foram construídos por amor romântico, enquanto outros foram erguidos por um tipo mais... passional de amor, digamos assim. Exemplo disso é o Palácio do Lago Taj, em Udaipur, Índia. Sua construção começou por causa da rebeldia de um príncipe teimoso.

De acordo com a história do palácio, "ele tinha um luar brilhante, brisa suave vinda do lago, e um grupo de belas cortesãs. Que jovem príncipe resistiria? Certamemnte, não o Maharaja Jagat Singh II. Narra a lenda que o jovem príncipe apreciava piqueniques ao luar com as moças de Zanana no palácio do lago de Jag Mandir. Um aprazível passatempo, até que seu pai ficou sabendo e proibiu as festinhas. Sem outras opções, havia apenas uma solução: o próncipe construiu o seu próprio palácio do prazer em uma ilha diferente, no Lago Pichola."

       
castelos        

O tanque de lírios d'água, vistos do exterior do palácio do lago Taj. A construção começou em 1743 e terminou em 1746. No final das contas, este local de prazer foi feito por amor - ainda que muitos considerem que seja paixão. Atualmente, é um dos hotéis mais românticos do mundo.

       
7. Castelo Torrechiara 
       
castelos        
 
Este imponente e sólido castelo foi construído no norte da itália, entre 1448 e 1460, por um conde chamado Pier Maria Rossi, para a sua amante Bianca Pellegrini. Em 1985, algumas cenas do filme "O Feitiço de Áquila" foram filmadas lá.
 
       
castelos        
 
Uma das quatro torres do castelo é chamada de "Torre del Giglio" (Torre do Lírio), e apresenta o brasão da família de Bianca Pellegrini. Este era um incrível ninho de amor, e famoso por seu "Quarto Dourado", conhecido na Itália por sua decoração erótica mostrando casais de amantes e corações entrelaçados com as iniciais de Pier Maria e Bianca, com uma fita onde se lê, em Latim, "Nunc et Semper" - "Agora e Sempre".
Não consta que tenha havido alguma tragédia neste castelo. Ainda bem.
 
       
8. Castelo de Layton         
castelos        
 
O Castelo de Layton, em Utah, foi construído por causa de um amor desprezado, e não romântico. A história é a seguinte: Marido e mulher viviam em algum outro lugar antes da construção do castelo, mas a mulher era constantemente aconselhada por sua mãe a divorciar-se do marido porque ele jamais chegaria a ser alguém na vida e que ela deveria deixá-lo e casar-se com um homem mais rico. Após algum tempo, ela fez isso mesmo, mas seu novo marido jamais chegou a ser um homem muito rico."
 
Ela e o novo marido mudaram-se para Utah, onde construíram uma bela casa. Entretanto, logo depois que ela casou-se de novo, o ex-marido desprezado tornou-se muito rico e bem-sucedido. Só para se vingar, ele mudou-se para Utah, onde construiu o seu castelo no lado leste... quase no quintal da casa da ex-mulher! Assim, ele podia ver todas as casas ao longo da estrada para Great Salt Lake, inclusive a da ex.
 
Todas as vezes em que ela ficava  perto da janela da cozinha, dava de cara com o belo castelo do marido desprezado.
Talvez a moral da história seja a de que, às vezes, você deve dar uma segunda chance a uma pessoa. 
 
Por outro lado, fazer uma obra dessas por puro ressentimento e desejo de vingaça é uma grande perda de tempo e ele deveria ter procurado outra pessoa para ser feliz.
 
       
castelos        
 
Entretanto, há outra versão para a história deste castelo. Consta que, certo dia, um homem chamado Gary Willey conheceu uma bela moça de cabelos escuros chamada Lynda Roundy, e foi "amor à primeira vista". Eles se conheceram, namoraram, casaram e viajaram pelo mundo, sempre muito apaixonados. Gary jurou a Lynda que counstruiria para ela uma casa incrível, com piscinas, quadras de tênis e um estábulo.
 
Porém, logo após o início da construçao, Lynda perdeu sua vida para um câncer. Apesar disso, o castelo foi consluído, e Gary dedicou-o ao seu amor. Nesta história alternativa, o Castelo de Layton é produto de amor, e não de desprezo.
 
 
       
9. Castelo Craigdarroch          
castelos        

O Castelo Craigdarroch  foi construído em Victoria, Colúmbia Britânica, no Canadá, pelo imigrante escocês Robert Dunsmuir, que prometeu um novo lar à sua esposa Joan. Em 1887, os arquitetos foram contratados. Em 1889, um ano antes da conclusão da imensa obra, Dunsmuir morreu. Os rodapés do interior do castelo encheram cinco vagões de carga proveniente de Chicago.

       
castelos        
 
O terreno original do castelo compreendia 11,3 hectares. É necessário subir 87 degraus para chegar ao topo da torre, mas, depois que se chega lá, a vista é deslumbrante: o porto de Victoria  a oeste, o estreito de Juan de Fuca ao sul, as Montanhas Olímpicas e as Ilhas San Juan a leste, e mais a cidade de Victoria. O castelo tem 1,858m2 de área construída, 39 aposentos divididos em 4 andares e meio, e 17 lareiras.
 
O exterior foi construído com mármore, granito, arenito, terracota e pedras de Vermont, num estilo Romanesco. Atualmente, é um museu histórico que atrai cerca de 150.000 visitantes por ano, e também já teve a sua porção de fama hollywoodiana, servindo de cenários para filmes como "Mulherzinhas" (1994), "Casa Assombrada" (2000) e "Gães e Gatos" (2001).
 
       
10. Castelo de Leeds 
       
castelos        
Para finalizar, o famoso castelo de Leeds, situado em Kent, Inglaterra. De acordo com o guia "InfoBritain", "o castelo de Leeds era, primeiramente, uma fortaleza normanda". Porém o castelo está mais associado ao amor do que à guerra. Um dos mais românticos reis da história, Richard II, presenteou com ele a sua amada esposa Anne da Boêmia. Richard era um homem sensível, que desejava a paz numa época de guerra. Para escapar das constantes refregas e lutas pelo poder, ele passava horas no Castelo de Leeds com sua esposa."
 
O cronista Jean Frossart descreve como ele presenteou um livro ricamente ilustrado a Richard no Castelo de Leeds, em 1395. "O rei", escrevei Froissart, "ficou muito contente ao saber que o livro era sobre amor". Um exemplar da primeira edição das Crônicas de Frossart permanece no castelo. É bom saber que uma construção originalmente destinada à guerra transformou-se em um presente extravagante para as nobres senhoras.
 
       
castelos        
 
Leeds é um castelo feminino. Depois de Anne da Boêmia, ele foi propriedade de Isabella de France (esposa do Rei Edward II) e Margaret de France (esposa do rei Edward III). Anos mais tarde, o Rei Henry V deu o castelo à sua esposa Catarina de Valois.
 
A capela, acima,  à esquerda, foi construída pelo Rei Edward I para nela fazer rezar a missa diária em memória de sua amada esposa Eleanor, que morreu em 1290. Edward I era um monarca implacável, mas amava sua rainha. Mais uma prova de que o amor está presente no Castelo de Leeds.
       
Fonte: Francis B.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: