header print

6 Dicas Para o Consumo Correto de Proteínas

 As proteínas são extremamente importantes para saúde, e há uma variedade de razões pelas quais você deve consumir mais do que você provavelmente faz hoje. Independentemente da frequência de atividades físicas, o consumo diário de proteína é muito importante para a nossa saúde e nosso organismo.

Infelizmente, a maioria de nós não tem certeza da quantidade de proteína que precisamos diariamente, e quais produtos devemos consumir para fornecer a dosagem necessária ao nosso organismo. Além disso, muita gente comete certos erros que podem, em alguns casos, prejudicar a saúde. Para tirar o máximo proveito, compilamos 6 dicas muito úteis para ensinar como consumir proteína ao longo do dia, de modo que isso cause um impacto positivo em sua saúde e hábitos alimentares.

 
proteínas

1. Evite consumir produtos com alto teor de proteína
Como tudo que comemos, o consumo excessivo de proteína não é necessariamente uma coisa boa, e depois de um certo ponto, nosso corpo já não é capaz de digeri-la como deveria. Um estudo da Universidade Canadense McMaster, em 2007, descobriu que era suficiente consumir de 25 a 30 gramas de proteína durante uma refeição para estimular a composição corporal ideal. Em outras palavras, uma pessoa comum não precisa consumir alimentos ricos em mais de 30 gramas de proteína por refeição, porque qualquer proteína além disso não será digerida e se tornará gordura, algo que queremos evitar. Se você quiser distribuir sua ingestão de proteína ao longo do dia, então você deve consumir entre 25-30 gramas de proteína a cada refeição, e 5 a 10 gramas de proteína em seus lanches.

2. Fique por dentro de sua ingestão diária de proteínas
Tentar perder peso não significa reduzir a quantidade de proteína e o número de calorias que consumimos - isso é um erro que muitos cometem. A proteína é o que mantém os níveis de açúcar no sangue equilibrados ao longo do dia, aumenta a sensação de saciedade e ajuda a prevenir a fadiga da tarde. Portanto, recomenda-se consumir 0,8 gramas por cada quilograma de peso corporal - o suficiente para prevenir a deficiência de proteína no corpo.

proteínas

3. Diversifique suas refeições e combine o máximo possível de alimentos ricos em proteínas
É importante combinar uma variedade de alimentos ricos em proteínas em nossas refeições e não comer as mesmas coisas sempre. Se você se apoia em uma única fonte de proteína, você não está consumindo uma proteína inteira, que nos fornece todos os nove aminoácidos que precisamos por dia - por isso é importante que você tente variar o máximo possível. Para mais informações sobre alimentos ricos em proteínas, clique aqui.

 

4. Tente comer alimentos ricos em proteínas ao longo do dia
A maioria de nós sabe que é importante comer regularmente ao longo do dia, incluindo lanches, para permitir um metabolismo rápido, mas é importante garantir que cada refeição contenha proteínas. Não espere para depois do treino ou janta para consumir a sua fração diária de proteína. Divida a dose recomendada ao longo do dia, assegurando que o seu corpo absorverá de forma ideal e não a transforme em gordura. Além disso, estudos realizados em 2015 nos Estados Unidos descobriram que aqueles que tomavam café da manhã rico em proteínas conseguiam perder peso com o tempo, pois relatavam sentimentos de saciedade ao longo do dia.

proteínas

5. Coma comida de verdade
Embora lanches e shakes ricos em proteínas sejam fáceis de consumir porque podem ser comprados e não requerem preparação de sua parte, é importante saber que eles são ricos em açúcar e não possuem todas as proteínas necessárias, e alguns são equivalentes aos fast-foods em termos de valor nutricional. Por isso, é importante comer o máximo de comida possível: grãos, amêndoas, lentilhas, iogurtes e ovos são apenas alguns dos alimentos ricos em proteínas que podem ser um substituto mais saudável para lanches comprados na rua.

6. Compre proteína em pó que combine o maior número de plantas possível
As proteínas em pó são variadas e têm diferentes gostos e tipos. É muito importante notar que, se você consumir proteína em pó, é melhor comprar um que seja baseado em ervilha, feijão, soja ou arroz - bons para quem quer perder peso - e é aconselhável comprar proteína de diversos alimentos. A proteína em pó que consiste em uma única fonte vegetal é boa, mas não é suficiente porque não contém todos os nove aminoácidos que precisamos. O consumo combinado de diferentes tipos de proteína em pó garante que recebamos o número de aminoácidos que precisamos ao longo do dia.
 

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade