header print

É Por Isso Que Você Deve Dormir Mais Nos Fins de Semana

 De acordo com algumas pesquisas recentes, dormir mais durante o fim de semana pode ajudar a aliviar os problemas de saúde associados a não dormir o suficiente durante a semana, e pode até reduzir o risco de uma morte prematura. 

O estudo, que analisou mais de 38 mil adultos, revelou uma taxa de mortalidade mais alta entre adultos jovens e de meia-idade que dormiam menos de cinco horas por noite – mas quando se tratava daqueles que recuperavam o sono perdido no fim de semana, a diferença na taxa de mortalidade desapareceu.

 
dormir

Este é um longo caminho para provar que o sono extra no fim de semana pode contrariar o impacto em nossos corpos por não descansar o suficiente durante a semana, mas para um membro da equipe desse estudo, Torbjorn Akerstedt, da Universidade de Estocolmo (Suécia), isso abre uma série de possibilidades interessantes. 

Embora existam muitos estudos que analisam a relação entre o sono e a saúde, o equilíbrio entre os dias da semana e o fim de semana geralmente não é levado em consideração, e foi justamente neste ponto que os pesquisadores desse novo estudo queriam se concentrar. 

Os pesquisadores usaram dados de relatos dos participantes que listaram a qualidade do sono durante os dias úteis e os dias de folga, e que por uma questão de clareza e simplicidade foi referido como "dias da semana" e "fins de semana". Eles também usaram modelos estatísticos para fatorar influências como gênero, atividade física, consumo de álcool, índice de massa corporal e se alguém era ou não fumante.

O estudo constatou que pessoas com sono leve e idade inferior a 65 anos – e que dormiam menos de cinco horas por noite na semana e no fim de semana – tiveram uma taxa de mortalidade 65% maior do que o grupo que dormiam entre seis e sete horas por noite, o chamado grupo de referência. Esses resultados são baseados em registros de óbitos ao longo de 13 anos, mas é importante observar que o comportamento do sono foi medido apenas uma vez no início desse período. 

No entanto, a taxa de mortalidade de pessoas com sono curto durante a semana, mas de médio a longo prazo no fim de semana, não diferiu da taxa do grupo de referência. Essa mudança nas taxas de mortalidade também desapareceu para pessoas com mais de 65 anos – talvez porque tenham mais chances de dormir o suficiente.

dormir

Outro ponto interessante foi que aqueles que dormiram mais de nove horas por noite também tiveram uma taxa de mortalidade mais alta do que o grupo de referência. Isso pode ter ocorrido pelo fato de que mais tempo na cama se relaciona com outros problemas de saúde subjacentes. 

 

No entanto, como mencionado anteriormente, esta pesquisa não acompanhou as mudanças do sono ao longo do tempo, e pode não ser um representante da população em geral. Deve-se levar em consideração que as pesquisas originais foram realizadas em um evento de caridade de combate ao câncer, e grande parte dos participantes não era fumante. 

Especialistas declararam que o estudo é útil, mas que mais pesquisas são necessárias antes que possamos saber se o sono de fim de semana pode compensar o déficit nos dias de semana. 

Michael Grander, da Universidade do Arizona (Estados Unidos), que não fazia parte deste estudo em particular, alertou que as pessoas não devem depender do fim de semana para recuperar o sono perdido. Para ele, seria como comer uma salada depois de comer um monte de hambúrgueres - embora seja mais saudável, não é capaz de reverter todos os efeitos negativos. 

Como sempre, o melhor conselho é descobrir quanto você precisa dormir e cumpri-lo. Se você dorme pouco, pode ser possível usar seus dias de folga para compensar.

Fonte: sciencealert
Imagens: depositphotos 

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade